O Antagonista

Bolsonaro relativiza acusações contra Pedro Guimarães

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.10.2022 19:51 comentários
Brasil

Bolsonaro relativiza acusações contra Pedro Guimarães

Jair Bolsonaro relativizou as denúncias contra Pedro Guimarães (foto), que deixou a presidência da Caixa Econômica Federal no final de junho depois de ser alvo de três denúncias de assédio sexual e outras nove de assédio moral...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 24.10.2022 19:51 comentários 0
Bolsonaro relativiza acusações contra Pedro Guimarães
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro relativizou as denúncias contra Pedro Guimarães (foto), que deixou a presidência da Caixa Econômica Federal no final de junho depois de ser alvo de três denúncias de assédio sexual e outras nove de assédio moral.

Em entrevista ao site Metrópoles nesta segunda-feira (24), o presidente e candidato à reeleição pelo PL afirmou não ter visto “nenhum depoimento mais contundente de qualquer mulher” contra o executivo, que era seu aliado próximo e figura frequente em suas lives.

“Desconheço a vida particular dele. Eu o conheço enquanto presidente da Caixa, fez um excelente trabalho lá dentro. Agora, comigo tudo é potencializado. Virou um incêndio enorme em poucas horas. Chamei, conversei com ele e optei pelo afastamento, que foi prontamente aceito por ele (…). E ele está respondendo”, declarou Bolsonaro.

“Não faço parte do Poder Judiciário. Agora, não vi nenhum depoimento mais contundente de qualquer mulher. Vi depoimento de mulheres que sugeriam que isso poderia ter acontecido. Está sendo investigado também”, acrescentou o presidente, que em outro ponto da entrevista falou em “pessoas que se sentiram assediadas”.

“Está nas mãos da Justiça, do Ministério Público para apurar as denúncias”, completou Bolsonaro.

Mais Lidas

1

Agora até Tolkien é "extrema-direita"

Visualizar notícia
2

Musk: "Obrigado, Alex Soros, por revelar quem será o próximo fantoche"

Visualizar notícia
3

Contingenciamento: o golpe está aí, cai quem quer

Visualizar notícia
4

O "reizinho" do governo Lula

Visualizar notícia
5

"JD Vance, não Kamala Harris, representa o sonho americano"

Visualizar notícia
6

Por que o Amapá recebe tanta emenda parlamentar?

Visualizar notícia
7

"Joe Biden desiste da candidatura, mas não da Casa Branca. E agora?"

Visualizar notícia
8

Netanyahu volta aos EUA em busca de apoio contra o terror

Visualizar notícia
9

Estados Unidos de Maceió

Visualizar notícia
10

Democratas sacrificaram Biden para buscar também a maioria no Congresso

Visualizar notícia

Tags relacionadas

assédio moral assédio sexual Caixa Caixa Econômica Federal Jair Bolsonaro pedro guimarães
< Notícia Anterior

STF anula afastamento de governador de Alagoas

24.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Real: Senado convida Marcos Valério a falar sobre PCC

24.10.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Quem são os queridinhos de Lula na disputa municipal de 2024?

Quem são os queridinhos de Lula na disputa municipal de 2024?

22.07.2024 11:38 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Calendário de pagamentos do INSS em 2024

Calendário de pagamentos do INSS em 2024

22.07.2024 11:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Secretário que recebeu "dama do tráfico" deixará o governo

Secretário que recebeu "dama do tráfico" deixará o governo

22.07.2024 11:29 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Oposição quer criar comissão externa para acompanhar crise Yanomami

Oposição quer criar comissão externa para acompanhar crise Yanomami

22.07.2024 11:22 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.