O Antagonista

Graças a Deus ou a Lula?

avatar
Rodolfo Borges
2 minutos de leitura 29.12.2023 06:55 comentários
Análise

Graças a Deus ou a Lula?

Um homem que veste macacão com a marca do PAC estampada nas costas bate à porta de uma casa. Dona Tonha abre e o operário pede para ver a filha. "Estou com saudade", diz, tirando o capacete...

avatar
Rodolfo Borges
2 minutos de leitura 29.12.2023 06:55 comentários 0
Graças a Deus ou a Lula?
Foto: Reprodução/GovBR

Um homem que veste macacão com a marca do PAC estampada nas costas bate à porta de uma casa. Dona Tonha abre e o operário pede para ver a filha. “Estou com saudade”, justifica, tirando o capacete.

Diante da resistência da dona da casa, o homem diz que conseguiu um emprego, “registrado e tudo”. “Estou trabalhando na obra do PAC, aqui pertinho”, diz o trabalhador, sorrindo.

Dona Tonha celebra — “Graça alcançada, Senhor!” — antes de chamar Flavinha para ver o pai.

A menina corre pela sala ao som de um jingle do governo Lula enquanto o locutor celebra a “menor taxa de desemprego desde 2014”.

Trata-se de uma peça da campanha “O Brasil é um só povo”, que promove o governo federal e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) com uma pitada de Evangelho.

Segundo o Estadão“entre os dias 11 e 17 de dezembro, o governo federal gastou R$ 473.426 para impulsionar 107 anúncios das contas @governodobrasil no Facebook e no Instagram” com esse tipo de conteúdo.

Um dos cantores do jingle governista “O Brasil é um só povo” é o pastor Kleber Lucas, que incomodou o gospel nacional ao dividir prêmio com Caetano Veloso em festa do Multishow, e outras peças da mesma campanha repetem a menção a Deus.

O jornalista Franco Iacomini, que assina a análise do jornal paulista, acrescenta o seguinte:

“Dá para entender o objetivo da campanha. De acordo com pesquisa Ipec realizada na primeira semana de dezembro, é no público evangélico que Lula tem um de seus maiores índices de rejeição (35% de ruim ou péssimo, contra 30% na média geral). Com discursos intencionais voltados a esse público, a gestão anterior tinha números melhores.”

Iacomini não se mostra muito otimista com a estratégia petista:

“A publicidade pode dizer coisas encantadoras. Mas os discursos falam em ficar no poder para sempre e no orgulho de colocar um comunista no STF. Os evangélicos ouvem a ambos. Em quem irão acreditar?”

Pelo jeito, não bastará a Lula rezar sem se ajoelhar.

Mais Lidas

1

De tanto patrulhar humorista, esquerda não consegue mais se defender dos memes

Visualizar notícia
2

Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

Visualizar notícia
3

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

Visualizar notícia
4

O apagão mundial explicado

Visualizar notícia
5

Como assessor de Lula traduz ameaças de Maduro

Visualizar notícia
6

Crusoé: Lula e a autodeterminação dos ditadores amigos

Visualizar notícia
7

O circo da eleição americana

Visualizar notícia
8

Brasileira em Israel fala de ataque a Tel Aviv

Visualizar notícia
9

Atirador usou drone sobre local horas antes de atentado a Trump

Visualizar notícia
10

Últimos dias: Concurso Público de Buerarema

Visualizar notícia

Tags relacionadas

evangélicos governo Lula PAC propaganda religião
< Notícia Anterior

Crusoé: maior sindicato da Argentina convoca greve

28.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Crusoé: “Debates e ideias para o ano de 2024”

29.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Rodolfo Borges

Rodolfo Borges é jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Trabalhou em veículos como Correio Braziliense, Istoé Dinheiro, portal R7 e El País Brasil.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PT é bom em cobrar, mas ruim em pagar

PT é bom em cobrar, mas ruim em pagar

Ricardo Kertzman
19.07.2024 11:52 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Os inimigos dos memes

Os inimigos dos memes

19.07.2024 07:22 6 minutos de leitura
Visualizar notícia
Sobre os Bolsonaro, laranjas e laranjais

Sobre os Bolsonaro, laranjas e laranjais

Ricardo Kertzman
18.07.2024 15:59 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula é o rei do “machismo patriarcal” combatido pela esquerda

Lula é o rei do “machismo patriarcal” combatido pela esquerda

Ricardo Kertzman
18.07.2024 10:54 7 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.