Bolsonaro roubou ideia de Ciro para Lula? Bolsonaro roubou ideia de Ciro para Lula?
O Antagonista

Bolsonaro roubou ideia de Ciro para Lula?

avatar
Felipe Moura Brasil
3 minutos de leitura 26.03.2024 09:31 comentários
Análise

Bolsonaro roubou ideia de Ciro para Lula?

Ex-governador do Ceará sugeriu "formar o grupo de juristas para preparar a defesa" e "sequestrar" o petista para uma embaixada em resposta à Operação Lava Jato em 2016

avatar
Felipe Moura Brasil
3 minutos de leitura 26.03.2024 09:31 comentários 5
Bolsonaro roubou ideia de Ciro para Lula?
Foto: Reprodução/ NYT

A estadia de Jair Bolsonaro (foto) na embaixada húngara quatro dias após ter sido alvo da Operação Tempus Veritatis, deflagrada em 8 de fevereiro como parte de investigação sobre trama de golpe de Estado, faz lembrar a sugestão de Ciro Gomes para blindar Lula contra mandado de prisão na Lava Jato.

“A Dilma [Rousseff] indicar o Lula para o ministério [da Casa Civil], para evitar a prisão, foi um disparate. Ela ultrapassou os limites do cargo. Não podia envolver a Presidência da República. Tinha que ter feito um gesto de solidariedade pessoal, não com o uso do cargo. Agora, no meu caso, se acontecesse uma prisão arbitrária do Lula, seria um gesto de solidariedade particular, formar o grupo de juristas para preparar a defesa e sequestrá-lo para uma embaixada”, disse o ex-governador do Ceará, ex-ministro de Lula e então pré-candidato à presidência da República pelo PDT em agosto de 2016.

Em março daquele ano, a nomeação de Lula para a Casa Civil de Dilma havia sido suspensa pelo ministro Gilmar Mendes, do STF.

“Pegar o Lula e entregar numa embaixada”

“Pensei: se a gente formar um grupo de juristas, a gente pode pegar o Lula e entregar numa embaixada. À luz de uma prisão arbitrária, um ato de solidariedade particular pode ir até esse limite. Proteger uma pessoa de uma ilegalidade é um direito”, reiterou Ciro.

Condenado em primeira instância no caso do triplex do Guarujá em julho de 2017 e, em segunda, em janeiro de 2018, Lula acabou sendo preso em 7 de abril daquele ano por ordem do Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4), quando a prisão após condenação em segunda instância estava autorizada pelo STF, que havia negado, inclusive, um habeas corpus preventivo impetrado pela defesa. Apesar de toda a cena protagonizada pelo então ex-presidente no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Paulo, onde fez comício e demorou a se entregar à Polícia Federal, ninguém o “sequestrou” para levar a uma embaixada.

O único “sequestro”, no caso, foi o da jurisprudência de 2016 que seus indicados e camaradas no STF reverteram em 2019 para tirá-lo da cadeia, graças à mudança de voto de Gilmar Mendes, que havia se voltado contra a Lava Jato após a força-tarefa ter atingido seu amigo Aécio Neves em 2017.

“Não há crime nenhum

Já Bolsonaro, que tem menos camaradas que Lula no Supremo, foi por conta própria passar dois dias na embaixada húngara em Brasília, onde “não pode ser preso” porque fica “legalmente fora do alcance das autoridades nacionais”, como registrou o jornal americano New York Times na segunda-feira, 25, ao revelar imagens da estadia.

“Não há crime nenhum [n]isso. Porventura dormir na embaixada, conversar com embaixador, tem algum crime nisso? Tenha santa paciência, chega de perseguir, pessoal”, reagiu Bolsonaro na noite de segunda.

Lula tampouco via problema em refugiar-se, com foro privilegiado, na Casa Civil de Dilma.

Cada um com suas rotas de fuga.

Brasil

PIS/Pasep: confira datas de pagamento e os seus direitos

13.04.2024 06:00 4 minutos de leitura
Visualizar

Bolsa Família: calendário de pagamento e novos benefícios

Visualizar

Bolsa Família: libera mais benefícios e renda para famílias

Visualizar

Caso Neto x Sampaoli: apresentador não comparece a audiência judicial

Visualizar

Anne Dias na Crusoé: Tudo o que Musk fez pelo Brasil

Visualizar

Leonardo Barreto na Crusoé: O adulto na sala

Visualizar

Tags relacionadas

Ciro Gomes Dilma Rousseff Gilmar Mendes Jair Bolsonaro Lula Operação Lava Jato Tempus Veritatis
< Notícia Anterior

Alex Honnold conquista penhasco inexplorado na Groenlândia

26.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso SEMED Maricá: aproveite o salário que pode chegar a R$ 9.5 mil

26.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Felipe Moura Brasil

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (5)

Paulo Pires

2024-03-26 15:05:42

ALOPRAR ACIMA DE TUDO, BOLSOPETISTAS EM CIMA DE TODOS


Annie

2024-03-26 10:28:41

Bolsonaro = Lula= Ciro Estamos lascados!!!!!!


Jurandir Santana

2024-03-26 10:14:37

Em tudo isso o que importa mesmo é o lado que o réu ou vítima está, legalidade é um detalhe


Ana Amaral

2024-03-26 09:50:21

Muito bom juntar os dois episódios. Que gente horrorosa esses dois senhores.


Ricardo Nery

2024-03-26 09:44:40

Há um estranho esquecimento da mídia do fato de que ao farejar que iria ser preso, animal político que é, Lula, “o corrupto cinico”, foi para o sindicato do metalúrgicos fazer a sua “resistência” por quase 2 dias. Já Bolsonaro, “o boquirroto golpista”, cagão que é, foi se esconder na embaixada sem sequer ter um mandato de prisão…


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Os mil tentáculos do crime organizado

Os mil tentáculos do crime organizado

Carlos Graieb
12.04.2024 19:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
A luta continua (contra a companheirada na Petrobras)

A luta continua (contra a companheirada na Petrobras)

Carlos Graieb
12.04.2024 17:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ratinho Júnior corre por fora

Ratinho Júnior corre por fora

Rodolfo Borges
12.04.2024 15:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O foro desprivilegiado do STF

O foro desprivilegiado do STF

Rodolfo Borges
12.04.2024 07:54 4 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.