Por que Putin quer Mariupol Por que Putin quer Mariupol
O Antagonista

Por que Putin quer Mariupol

avatar
Mario Sabino
2 minutos de leitura 23.03.2022 09:46 comentários
Opinião

Por que Putin quer Mariupol

A infâmia russa na Ucrânia tem um símbolo maior: Mariupol. O governo ucraniano relata que 90% da cidade foi destruída pelas tropas do carniceiro russo Vladimir Putin. A população permanece sitiada, sem alimentos, água e eletricidade suficientes, sob bombardeio constante. O heroísmo ucraniano também tem em Mariupol o seu símbolo maior. Os russos querem Mariupol, cidade às margens do Mar de Azov, para estabelecer uma continuidade territorial entre a região separatista de Donbas e a Crimeia, anexada pela Rússia em 2014...

avatar
Mario Sabino
2 minutos de leitura 23.03.2022 09:46 comentários 0
Por que Putin quer Mariupol
Reprodução

A infâmia russa na Ucrânia tem um símbolo maior: Mariupol. O governo ucraniano relata que 90% da cidade foi destruída pelas tropas do carniceiro russo Vladimir Putin. A população permanece sitiada, sem alimentos, água e eletricidade suficientes, sob bombardeio constante. O heroísmo ucraniano também tem em Mariupol o seu símbolo maior.

Os russos querem Mariupol, cidade às margens do Mar de Azov, para estabelecer uma continuidade territorial entre a região separatista de Donbas e a Crimeia, anexada pela Rússia em 2014. Tomar Mariupol também significa tirar da Ucrânia uma usina siderúrgica e o porto por onde o país exporta aço, carvão e milho para o Oriente Médio o restante da Ásia. Há ainda um efeito de propaganda, porque a cidade abriga a Brigada Azov, milícia de extrema-direita que os russos — e os seus colaboracionistas da imprensa ocidental — tentam pintar como se fosse um retrato do exército do governo “nazista” da Ucrânia, mas que compõe uma porção insignificante das forças combatentes do país. Na verdade, a Brigada Azov amealhou integrantes por culpa dos russos, que exacerbaram o nacionalismo mais radical entre jovens no leste da Ucrânia, depois da invasão da Crimeia, e do envio da milícia Wagner, fundada e comandada por um nazista russo, Dimitri Outkine, e financiada por Vladimir Putin, para promover conflitos permanentes em Donbas, onde milhares de pessoas já haviam morrido até o início da invasão ora em curso. Estima-se que haja 10 mil integrantes da Wagner em território ucraniano.

Nenhum objetivo, contudo, justifica o que está sendo perpetrado em Mariupol. Assim como mandou arrasar Grozny, na Chechênia, e Alepo, na Síria, Vladimir Putin comete mais um crime monstruoso ao ordenar a destruição da cidade ucraniana. Como diz o protagonista do romance Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski, “decididamente, não dá para compreender por que é mais glorioso bombardear uma cidade assediada do que assassinar alguém a machadadas”. Vladimir Putin não terá glória nenhuma. É só um assassino que escreve outro capítulo na história universal da infâmia.

Mundo

Cyril Ramaphosa é reeleito presidente da África do Sul

14.06.2024 18:31 2 minutos de leitura
Visualizar

MST quer colocar a mão na prefeitura de Salvador

Visualizar

Léo Santana lança projeto “Léo & Elas” com participação de Simone Mendes

Visualizar

O Mal Que Nos Habita: filme de terror argentino estreia no Streaming

Visualizar

Lá vem eles de novo: Alemanha aplica goleada na estreia da Eurocopa

Visualizar

Papo Antagonista: Os amigos do rei

Visualizar

Tags relacionadas

Alepo artigo Brigada Azov Crime e Castigo Crimeia destruição de Mariupol Dimitri Outkine Dostoiévski Grozny Guerra da Ucrânia Mario Sabino mariupol O Antagonista Vladimir Putin Wagner
< Notícia Anterior

"Acho que tem que esclarecer essa situação aí", diz Mourão, sobre ministro da Educação

23.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Há mais de 5 mil planetas fora do sistema solar, diz Nasa

23.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Mario Sabino

Mario Sabino é jornalista, escritor e sócio-fundador de O Antagonista. Escreve sobre política e cultura. Foi redator-chefe da revista Veja.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Orlando Tosetto na Crusoé: Um apelo, em nome de todos os orizófagos do país

Orlando Tosetto na Crusoé: Um apelo, em nome de todos os orizófagos do país

14.06.2024 15:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Josias Teófilo na Crusoé: A dama do cavalo alado

Josias Teófilo na Crusoé: A dama do cavalo alado

14.06.2024 15:50 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Qual é o verdadeiro Gabinete do Ódio: de Lula ou o de Bolsonaro?

Qual é o verdadeiro Gabinete do Ódio: de Lula ou o de Bolsonaro?

Madeleine Lacsko
13.06.2024 18:21 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo Lula ainda deve muitas explicações sobre a história do leilão do arroz

Governo Lula ainda deve muitas explicações sobre a história do leilão do arroz

Madeleine Lacsko
12.06.2024 18:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.