O Antagonista

União Europeia planeja missão naval para blindar navios contra ataques Houthi

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 31.01.2024 16:40 comentários
Mundo

União Europeia planeja missão naval para blindar navios contra ataques Houthi

União Europeia planeja missão naval Aspides para proteger navios de ataques Houthi. Vários países europeus se preparam para lançamento em fevereiro.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 31.01.2024 16:40 comentários 1
União Europeia planeja missão naval para blindar navios contra ataques Houthi
Fonte: Reprodução/Corporação de Transmissão Australiana

Os países da União Europeia têm planos para lançar até meados de fevereiro uma missão naval no Mar Vermelho. O principal objetivo é proteger os navios dos crescentes ataques dos rebeldes Houthi. O estruturamento e especificações desta missão estarão em discussão nesta quarta-feira (31) segundo informou o chefe de política externa do bloco, Josep Borrell.

O crescente redirecionamento de navios

Uma consequência marcante deste conflito é o redirecionamento dos navios de diversas empresas de transporte marítimo, uma medida de precaução adotada após os ataques dos rebeldes Houthi. Estes seguem controlando grande parte do Iêmen, e justificam sua ofensiva em solidariedade aos palestinos enquanto Israel e Hamas mantêm a guerra em Gaza.

Lançamento da missão e escolha da nação líder

Borrell informou que nem todos os países-membros estarão disponíveis para participar, porém, não haverá obstrução alguma ao desenvolvimento da missão. A expectativa é que no dia 17 de fevereiro a operação possa ser lançada. Ele comentou que o objetivo desta quarta-feira é definir a nação líder, escolher a sede da missão, determinar quem participará e quais recursos serão utilizados.

Reação dos Estados Unidos e aliados

Os Estados Unidos já haviam lançado em dezembro uma missão para dissipar os receios de que a perturbação em uma das principais artérias comerciais do mundo pudesse afetar a economia global. Porém, alguns aliados dos EUA, incluindo países europeus, levantaram ressalvas sobre o plano, levando os EUA e o Reino Unido a lançarem ataques aéreos contra alvos Houthi e refutarem a ideia de ficarem sob o comando de Washington.

O nome da operação da UE

A operação da UE foi denominada Aspides, que significa protetor. Seu principal foco será a proteção contra ataques comerciais e interceptações de ataques, e não a participação em ofensivas contra os Houthis. Os países que demonstraram interesse em liderar a missão foram a França, Grécia e Itália, sendo que sete países até o momento indicaram que estariam dispostos a fornecer recursos navais para a operação.

A combinação de forças no Mar Vermelho

A operação terá inicialmente três navios sob o comando da UE. França e Itália já possuem navios de guerra patrulhando a região e há planos da Alemanha para enviar o fragata Hesse para contribuir nos esforços da missão.

Mundo

Silvio Almeida acusa Israel de "apartheid" na ONU

26.02.2024 15:46 3 minutos de leitura
Visualizar

PSDB à deriva em São Paulo

Visualizar

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

Visualizar

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Visualizar

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Visualizar

Os reféns voluntários da polarização  

Carlos Graieb Visualizar

< Notícia Anterior

Milei deu match com o dono do Tinder

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Coordenadora do MBL tem casa invadida em São Paulo

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcia Elizabeth Brunetti

2024-01-31 17:40:38

Espero que já tenham resolvido o problema daquele navio australiano abandonado com centenas de animais vivos.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Silvio Almeida acusa Israel de "apartheid" na ONU

Silvio Almeida acusa Israel de "apartheid" na ONU

26.02.2024 15:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

26.02.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

26.02.2024 13:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

26.02.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.