Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia
O Antagonista

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 02.03.2024 21:36 comentários
Mundo

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Brutal estupro coletivo de turista brasileira na Índia revolta o mundo. Mulher estava em viagem com amigo espanhol quando foi alvo de um ataque cruel. Saiba mais sobre este caso chocante e como as autoridades estão agindo.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 02.03.2024 21:36 comentários 0
Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia
Fonte: Reprodução / Redes Sociais

Um crime brutal e revoltante aconteceu na sexta-feira (1º) na Índia. Conforme informações da polícia local e amplamente divulgadas pela mídia, uma turista brasileira foi vítima de estupro coletivo. A ocorrência chocante ocorreu no estado de Jharkhand, na Índia. A polícia local informou que já identificou todos os envolvidos no ato criminoso e três deles já foram capturados.

Os fatos que precederam o crime

A reportagem publicada pelo portal The Print revelou que a vítima estava em uma viagem de moto pelo país com um amigo de origem espanhola. O casal tinha como destino o Nepal e decidiu fazer uma parada no distrito de Dumka para passar a noite. Infelizmente, eles não imaginavam o horror que os aguardava. De acordo com as autoridades, os suspeitos do crime são moradores da região.

Vítimas falam sobre o ocorrido

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, que mostra o casal visivelmente abalado e com hematomas no rosto, a brasileira relata a terrível experiência. “Algo aconteceu conosco que nós não desejamos para ninguém. Sete homens me estupraram, eles nos bateram e nos roubaram. Eles não levaram muitas coisas porque o que eles queriam era me estuprar. Estamos no hospital com a polícia. Isso aconteceu hoje à noite, aqui na Índia“, disse a brasileira, com voz trêmula.

Busca por apoio das autoridades brasileiras

A equipe da CNN tentou contato com a embaixada do Brasil na Índia e com o Itamaraty para obter mais informações e saber quais medidas serão tomadas em relação ao caso, mas até o momento, não houve retorno.

Este é mais um episódio lamentável que evidencia a violência e a luta constante contra a violência sexual a mulheres ao redor do mundo. É triste e chocante ver que em pleno 2023, esses crimes continuam ocorrendo. A luta por justiça e pela garantia dos direitos das mulheres continua e deve ser reforçada a cada dia.

Economia

Quanto custará a PEC que turbina salários de juízes

23.04.2024 14:14 2 minutos de leitura
Visualizar

Santos triplica números de sócios torcedores em ano de Série B

Visualizar

Homem é decapitado em hospital público de Fortaleza

Visualizar

Crusoé: Na cabeça de Lula, Brasil é polo de resistência contra "extrema-direita"

Visualizar

Onde assistir Lazio x Juventus: confira detalhes da partida

Visualizar

Ex-funcionário ataca hospital e mata colega brutalmente em Fortaleza

Visualizar

Tags relacionadas

índia
< Notícia Anterior

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Ditador norte-coreano posa ao lado de mísseis

Ditador norte-coreano posa ao lado de mísseis

23.04.2024 12:34 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Protestos em universidades dos EUA recebem críticas da política

Crusoé: Protestos em universidades dos EUA recebem críticas da política

23.04.2024 11:59 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ucrânia busca soldados no exterior

Ucrânia busca soldados no exterior

23.04.2024 11:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Espanha cria fundo para vítimas de abuso na Igreja Católica

Espanha cria fundo para vítimas de abuso na Igreja Católica

23.04.2024 11:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.