Tunísia em onda de protestos para eleições Tunísia em onda de protestos para eleições
O Antagonista

Tunísia em onda de protestos para eleições

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 12.05.2024 17:57 comentários
Mundo

Tunísia em onda de protestos para eleições

Descubra os protestos na Tunísia, onde cidadãos exigem justiça e eleições livres, em meio a uma crise política aguda.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 12.05.2024 17:57 comentários 1
Tunísia em onda de protestos para eleições
Fonte: BBC

No coração da capital tunisiana, uma onda de protestos tomou forma no último domingo, reunindo centenas de indivíduos que exigem mudanças políticas significativas. Os manifestantes pedem a libertação imediata de jornalistas, ativistas e figuras de oposição presos injustamente, além da definição de uma data para eleições presidenciais justas e transparentes.

Qual é o Motivo dos Protestos em Tunis?

A manifestação ocorre em um momento crítico para a Tunísia, marcada por uma severa crise econômica e política. O episódio mais recente dessa tensão foi a invasão policial à sede da Ordem dos Advogados, resultando na prisão de Sonia Dahmani, advogada e crítica ferrenha do presidente Kais Saied. Além dela, dois jornalistas foram detidos no mesmo dia.

Contexto Político Atual da Tunísia

Desde 2019, após ser eleito em um pleito livre, o presidente Kais Saied tem centralizado cada vez mais poder. Em 2021, ele desmantelou o parlamento eleito e começou a governar por decreto, assumindo também controle sobre o judiciário. Essas ações foram descritas pela oposição como um golpe de estado. Saied tem criticado frequentemente a oposição, alegando que eles estão mais focados na corrida presidencial do que nas questões parlamentares.

As Reivindicações dos Manifestantes

Imed Khemiri, membro sênior do partido Ennahda e participante ativo dos protestos, destacou a importância de um ambiente político limpo para as próximas eleições. Ele também chamou atenção para o ataque ao quartel-general dos advogados como um precedente perigoso que perpetua o regime autoritário. “Hoje não há clima para eleições justas e tampouco uma data estabelecida… as autoridades estão reprimindo políticos, advogados e jornalistas,” afirma Khemiri.

A Cena Política e Seus Possíveis Candidatos

Alguns candidatos destacados já enfrentam desafios significativos. Abir Moussa, uma das figuras mais proeminentes, está preso há meses. Mondher Zanaidi, por sua vez, anunciou sua candidatura a partir da França e enfrenta esperas de ser preso caso retorne à Tunísia. Saied, sem nomear diretamente os envolvidos, acusou potenciais candidatos de traição e de buscarem proteção no exterior.

  • Libertação de jornalistas e ativistas prisioneiros.
  • Definição clara e imediata de uma data para as eleições presidenciais.
  • Reforma nas práticas governamentais para garantir um processo eleitoral justo.

Esses são apenas alguns dos pontos que os tunisianos, corajosamente, continuam a lutar, mostrando ao mundo a sua sede por justiça e democracia. A resposta do governo a esses protestos pode não apenas determinar o futuro imediato da política tunisiana, mas também servir como um indicativo do respeito aos direitos humanos e liberdades civis no país.

Cultura

TikToker americana coloca Machado de Assis no topo do ranking de vendas

Alexandre Borges
21.05.2024 12:35 6 minutos de leitura
Visualizar

Cristiano Ronaldo eleito o melhor jogador europeu da história

Visualizar

Felipe D’Avila quer unir "direita sensata" com "esquerda inteligente"

Visualizar

Neymar e construtora vão construir Caribe Brasileiro no Nordeste

Visualizar

Presidente da Marcha dos Prefeitos critica vaias a Lula

Wesley Oliveira Visualizar

Descubra que país lidera o PIB per Capita global

Visualizar

Tags relacionadas

Tunísia
< Notícia Anterior

Estudo revela perigo do debate sobre saúde mental

12.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Tom Brady homenageia Gisele Bündchen em dia das mães e aborda pós-divórcio

12.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-12 19:41:27

Pela descrição sucinta da atual conjuntura política do país, a Tunísia virou uma ditadura.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Descubra que país lidera o PIB per Capita global

Descubra que país lidera o PIB per Capita global

21.05.2024 12:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cientista russo é condenado a 14 anos por traição

Cientista russo é condenado a 14 anos por traição

21.05.2024 11:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: A 'rachadinha' de Kim Jong-un com empresas americanas

Crusoé: A 'rachadinha' de Kim Jong-un com empresas americanas

21.05.2024 11:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
China critica visitas da Coreia do Sul e Japão a Taiwan

China critica visitas da Coreia do Sul e Japão a Taiwan

21.05.2024 11:42 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.