O Antagonista

Seleção de basquete irlandesa se recusa a cumprimentar israelenses

avatar
Alexandre Borges
3 minutos de leitura 09.02.2024 10:08 comentários
Esportes

Seleção de basquete irlandesa se recusa a cumprimentar israelenses

Irlandesas protestaram contra entrevista de jogadora israelense que chamou o time de "bastante antissemita"

avatar
Alexandre Borges
3 minutos de leitura 09.02.2024 10:08 comentários 0
Seleção de basquete irlandesa se recusa a cumprimentar israelenses
Basquete Israel Irlanda

A seleção feminina de basquete da Irlanda decidiu não cumprimentar a equipe de Israel antes de sua partida em Riga, Letônia, na etapa de qualificação da EuroBasket.

A decisão foi uma resposta direta aos comentários da jogadora israelense Dor Saar que, em entrevista, acusou a equipe irlandesa de ser “bastante antissemita”. A confederação de basquete irlandesa, repudiando as afirmações, classificou como “inflamatórias e totalmente imprecisas” e comunicou a situação à FIBA Europa.

“Não participaremos dos cumprimentos pré-jogo tradicionais com nossos próximos adversários”, anunciou a Basketball Ireland, comunicando a decisão de não trocar presentes ou apertos de mão, além de posicionar suas jogadoras para o hino nacional ao lado do banco, e não no centro da quadra.

Sharon Ducker, técnico de Israel, criticou a ação irlandesa, alegando falta de respeito pelo que o jogo simboliza. Enquanto isso, a jogadora Saar defendeu sua posição, enfatizando a necessidade de “mostrar que somos melhores que eles e vencer”, destacando a antipatia percebida contra Israel.

O jogo, marcado por essa controvérsia, terminou com a vitória de Israel por 87 a 57.

Desde o início da guerra em 7 de outubro, o antissemitismo no esporte e além tem enfrentado um aumento alarmante globalmente. Este fenômeno não é isolado a uma região, mas sim uma tendência preocupante que se espalha por várias partes do mundo.

Aumento global do antissemitismo

Após o ataque de 7 de outubro, estudos indicam um crescimento do antissemitismo. O relatório de antissemitismo de 2023, divulgado pelo Ministério da Diáspora de Israel e a Luta contra o Antissemitismo, em colaboração com a Organização Sionista Mundial e a Agência Judaica, destacou um aumento de 235% nos incidentes antissemitas em todo o mundo em comparação com o ano anterior.

Este aumento é especialmente notável nos Estados Unidos, onde 45% de todos os incidentes antissemitas monitorados em 2023 ocorreram, seguido por 39% na Europa. Houve também um aumento de 33% nos eventos antissemitas violentos em comparação com 2022, incluindo o assassinato de seis judeus nos Estados Unidos, Egito e Tunísia.

Nos Estados Unidos, a Liga Anti-Difamação (ADL) registrou um aumento de 337% nos incidentes antissemitas nos três meses seguintes ao ataque de 7 de outubro, marcando o maior número de incidentes antissemitas registrados em um período de dois meses desde o início da documentação desses incidentes em 1979.

Desafios de segurança para atletas israelenses nas Olimpíadas de Paris

A onda de antissemitismo também criou novos desafios de segurança para atletas israelenses, particularmente em preparação para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

A presidente do Comitê Olímpico de Israel, Yael Arad, expressou preocupação com os requisitos de segurança únicos e os desafios que esses atletas lideram, mencionando que alguns enfrentaram obstáculos até mesmo para participar das competições necessárias para a classificação e obtenção de índices olímpicos.

Brasil

Saque do Abono PIS/Pasep 2024: 1,7 milhão de trabalhadores já podem sacar

23.02.2024 06:30 3 minutos de leitura
Visualizar

Caixa Econômica Federal oferece 5 mil vagas para níveis médio e superior: Inscreva-se agora!

Visualizar

Bolsa Família: antecipa repasse para municípios em estado de calamidade pública

Visualizar

Bolsa Família: confira o cronograma de pagamento para Março de 2024

Visualizar

Bolsa Família: pagamento liberado para 23 de fevereiro

Visualizar

Flamengo aprova patrocínio da Kwai e camisa chega a R$ 214,6 milhões

Visualizar

Tags relacionadas

Hamas. Antissemitismo Israel
< Notícia Anterior

Operação da PF investiga produção de áudio falso com voz do prefeito de Manaus

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

O fim de uma fábrica de chocolates alucinógenos

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

Gustavo Nascimento

2024-02-09 13:09:23

Ou seja a seleção irlandesa é realmente antissemita..


Caetano Da Rocha Braga

2024-02-09 12:27:57

Lamentável e triste. A ignorância está por todos os lados.


Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-09 10:23:25

É, no mínimo, lamentável!!!!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Flamengo aprova patrocínio da Kwai e camisa chega a R$ 214,6 milhões

Flamengo aprova patrocínio da Kwai e camisa chega a R$ 214,6 milhões

22.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atlético-MG enfrenta denúncia de homofobia e pode ser excluído do estadual

Atlético-MG enfrenta denúncia de homofobia e pode ser excluído do estadual

22.02.2024 22:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Após ataque ao ônibus do Fortaleza, Escobar tem trauma cranioencefálico

Após ataque ao ônibus do Fortaleza, Escobar tem trauma cranioencefálico

22.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ingressos para setor em jogo do Santos no Morumbis esgotaram em menos de uma hora

Ingressos para setor em jogo do Santos no Morumbis esgotaram em menos de uma hora

22.02.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.