Saiba quais são as principais sanções impostas à Rússia Saiba quais são as principais sanções impostas à Rússia
O Antagonista

Saiba quais são as principais sanções impostas à Rússia

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 02.03.2022 11:14 comentários
Mundo

Saiba quais são as principais sanções impostas à Rússia

Desde o início da guerra na Ucrânia, a Rússia tem sofrido uma série de sanções de todos os tipos, como temos registrado. Leia também: A Rússia vai falir Na economia, o governo de Joe Biden, assim como o Reino Unido, proibiu americanos de fazerem negócios com o Banco Central da Rússia e congelou ativos...

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 02.03.2022 11:14 comentários 0
Saiba quais são as principais sanções impostas à Rússia
Reprodução/YouTube

Desde o início da guerra na Ucrânia, a Rússia tem sofrido uma série de sanções de todos os tipos, como temos registrado.

Leia também: A Rússia vai falir

Na economia, o governo de Joe Biden, assim como o Reino Unido, proibiu americanos de fazerem negócios com o Banco Central da Rússia e congelou ativos. A Comissão Europeia também proibiu transações com os russos. O Japão  indicou, igualmente, que vai bloquear bancos russos. A presidente da CE, Ursula con der Leyen, disse que as restrições fazem com que metade das reservas financeiras russas seja congelada. China e México, por sua vez, como já noticiamos, anunciaram que não vão penalizar a Rússia pela invasão à Ucrânia.

Além da proibição de transações e o bloqueio de bens, as sanções passam pela interrupção do fornecimento de componentes à Rússia. O espaço aéreo de vários países também está fechado para companhias russas.

A decisão com maior potencial de impacto econômico é a de desconectar a Rússia do sistema financeiro Swift. Bruno Le Maire, primeiro-ministro da França, que também impôs sanções a Putin, chegou a dizer ontem (1º) que as decisões vão “colapsar a economia” russa. O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, afirmou algo na mesma linha. Nos últimos dias, a população russa correu aos bancos, o que fez acabar com o dinheiro nos caixas eletrônicos.

O setor privado se uniu a países e organismos internacionais e também decidiu impor penalidades ao país de Vladimir Putin: várias importantes empresas suspenderam negociações na Rússia ou retiraram investimentos por lá, como Shell, BP, Volvo, Apple, MSC e Maersk.

O rublo, moeda oficial da Rússia, despencou para mínimos recordes, forçando o Banco Central daquele país a dobrar a taxa de juros. Autoridades russas têm dito haver um plano para compensar as sanções. Para tentar conter a fuga de investimentos em meio à guerra, Putin editou um decreto que proíbe estrangeiros de vender ativos russos.

Leia também: Efeito bumerangue

Na cultura, o Festival de Cannes anunciou a suspensão de delegações da Rússia na edição deste ano. Já Disney, Sony e Warner Bros decidiram suspender a estreia de filmes naquele país, temporariamente.

As sanções também se dão nos esportes. A seleção de futebol da Rússia, que perdeu o patrocínio da Adidas, está proibida de jogar as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 — a Fifa vetou eventos da entidade em território russo. final da Champions League de 2022, que seria realizada na Rússia, foi transferida para Paris. Desde que a guerra começou, clubes, como o Manchester United e o Schalke 04, estão rompendo contrato com empresas russas.

Atletas russos foram excluídos da Federação Internacional de Esqui. No vôlei, o país também está fora de torneios continentais. O Grande Prêmio de Sóchi da Fórmula 1 foi retirado do calendário da atual temporada. Há punições, ainda, em esportes como ciclismo, atletismo, esgrima, tênis, natação e rúgbi. O Comitê Olímpico Internacional (COI) recomendou exclusão de todos os atletas russos das competições internacionais.

O Twitter suspendeu publicidade na Rússia. O YouTube, assim como outras redes sociais, eliminou na Europa os canais russos RT e Sputnik. Veja aqui outras reações das big techs.

Análise

PL do aborto: ao acenar para oposição, Lira tirou o PT das cordas

Wilson Lima
14.06.2024 19:11 3 minutos de leitura
Visualizar

Incêndio devasta patrimônio histórico em Petrópolis

Visualizar

Corinthians regulariza salários

Visualizar

Manuscrito sobre a infância de Jesus é descoberto por brasileiro

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: O rebaixamento anunciado

Visualizar

Cyril Ramaphosa é reeleito presidente da África do Sul

Visualizar

Tags relacionadas

cultura economia esportes guerra na Ucrânia Rússia sanções Ucrânia Vladimir Putin
< Notícia Anterior

"Vamos asfixiar a economia da Rússia", diz chanceler ucraniano

02.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Após sanções contra Rússia, rublo atinge seu menor nível

02.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Manuscrito sobre a infância de Jesus é descoberto por brasileiro

Manuscrito sobre a infância de Jesus é descoberto por brasileiro

14.06.2024 18:48 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cyril Ramaphosa é reeleito presidente da África do Sul

Cyril Ramaphosa é reeleito presidente da África do Sul

14.06.2024 18:31 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
The Rock mostra hematomas após se machucar em set de “The Smashing Machine”

The Rock mostra hematomas após se machucar em set de “The Smashing Machine”

14.06.2024 17:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Calor recorde na China é ameaça à segurança alimentar

Calor recorde na China é ameaça à segurança alimentar

14.06.2024 16:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.