Rússia reconhece que recrutas sem treinamento foram mandados à Ucrânia Rússia reconhece que recrutas sem treinamento foram mandados à Ucrânia
O Antagonista

Rússia reconhece que recrutas sem treinamento foram mandados à Ucrânia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.03.2022 19:24 comentários
Mundo

Rússia reconhece que recrutas sem treinamento foram mandados à Ucrânia

O Ministério da Defesa da Rússia reconheceu nesta quarta (9) que recrutas recém-alistados foram mandados à guerra na Ucrânia, depois de Vladimir Putin ter negado isso em várias ocasiões, dizendo que só soldados e oficiais profissionais tinham sido enviados ao combate...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 09.03.2022 19:24 comentários 0
Rússia reconhece que recrutas sem treinamento foram mandados à Ucrânia
Reprodução

O Ministério da Defesa da Rússia reconheceu nesta quarta (9) que recrutas recém-alistados foram mandados à guerra na Ucrânia, depois de Vladimir Putin ter negado isso em várias ocasiões, dizendo que só soldados e oficiais profissionais tinham sido enviados ao combate, informa a agência Reuters.

Agora, a pasta afirma que alguns recrutas que serviam em unidades de abastecimento foram feitos prisioneiros pelo Exército ucraniano desde o início da invasão do país (foto), em 24 de fevereiro.

Citando o porta-voz Dimitri Peskov, a agência de notícias RIA, ligada ao Kremlin, afirmou que Putin ordenou a abertura de uma investigação para punir os funcionários responsáveis por desobedecer às suas instruções de excluir recrutas da operação.

Algumas associações de mães de soldados na Rússia advertiram que vários recrutas tinham ficado incomunicáveis no início do que o Kremlin chamou de “operação militar especial” na Ucrânia, sugerindo que eles poderiam ter sido enviados para a invasão sem treinamento adequado. O Kremlin e as autoridades militares vinham negando esse fato.

Ou seja, Putin não é apenas um assassino de civis ucranianos: está matando também jovens russos.

Esportes

António relata como o momento atual pode afetar o Corinthians

12.06.2024 14:30 2 minutos de leitura
Visualizar

Carteira de Trabalho Digital: novo método para solicitar empréstimos consignados

Visualizar

Simone Mendes é cantora mais ouvida do país

Visualizar

Messi revela em qual clube vai se aposentar

Visualizar

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

Visualizar

Reynaldo Gianecchini e a batalha contra a Síndrome de Guillain-Barré

Visualizar

Tags relacionadas

invasão da Ucrânia Ministério da Defesa recrutas Rússia soldados Ucrânia Vladimir Putin
< Notícia Anterior

Projeto que libera mineração em terras indígenas será votado na segunda quinzena de abril

09.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Rússia prende mais de 13 mil por protestar contra guerra, diz ONG

09.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

12.06.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Onda de calor fecha Acrópole em Atenas

Onda de calor fecha Acrópole em Atenas

12.06.2024 13:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crise na produção de cacau em Gana afeta a indústria global do chocolate

Crise na produção de cacau em Gana afeta a indústria global do chocolate

12.06.2024 13:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crianças ucranianas encontradas em sites de adoção russos

Crianças ucranianas encontradas em sites de adoção russos

12.06.2024 13:29 6 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.