Rússia critica sanções dos EUA à China Rússia critica sanções dos EUA à China
O Antagonista

Rússia critica sanções dos EUA à China

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.05.2024 22:00 comentários
Mundo

Rússia critica sanções dos EUA à China

Rússia realiza dura crítica contra as sanções impostas pelos Estados Unidos contra China, tensões mundiais aumentam.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.05.2024 22:00 comentários 0
Rússia critica sanções dos EUA à China
Foto: Alexander Kazakov / press service of the President of the Russian Federation / TASS

Em uma recente conferência de imprensa, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, criticou as ações dos Estados Unidos ao impor sanções secundárias a empresas chinesas. Segundo ela, essas ações são um pretexto para tentar conter o crescimento econômico de Pequim.

O que são sanções secundárias e por que os EUA as estão aplicando?

Zakharova respondeu a perguntas sobre as sanções impostas pelos EUA na última quarta-feira, que atingiram quase 300 alvos, incluindo várias empresas chinesas acusadas de ajudar Moscou a contornar as sanções ocidentais já existentes. “A economia da China irrita os EUA a um grau extremo, portanto, as sanções dos EUA devem ser vistas como uma tentativa de manter a liderança econômica sem qualquer oportunidade real de fazê-lo legalmente”, afirmou Zakharova.

Como as sanções afetam as relações internacionais?

As sanções do Tesouro dos EUA visaram especificamente empresas em países como China, Azerbaijão, Bélgica, Turquia e Emirados Árabes Unidos, acusadas de permitir que Moscou adquira tecnologias e equipamentos de uso dual do exterior. O Departamento de Estado também impôs sanções a quatro empresas com base na China por apoiarem a base industrial de defesa da Rússia, incluindo o envio de itens críticos para entidades sob sanções dos EUA na Rússia.

Qual é o impacto dessas sanções para os mercados globais?

De acordo com Zakharova, “isto é uma guerra comercial que está acontecendo a todo vapor pela redistribuição do mercado, para que os Estados Unidos mantenham seu próprio ritmo de desenvolvimento. A falta de recursos os empurra para tais ações agressivas”, referindo-se às sanções secundárias. Este cenário aponta para uma tensão crescente entre grandes potências, influenciando diretamente as dinâmicas econômicas e políticas globais.

Listagem das Repercussões das Sanções:

  • Impacto nas relações China-EUA: As sanções podem deteriorar ainda mais as relações entre as duas maiores economias do mundo.
  • Efeitos nos países terceiros: As empresas de países terceiros que mantêm relações comerciais com a Rússia também se veem em uma encruzilhada, necessitando navegar cuidadosamente para evitar sanções secundárias.
  • Redistribuição de mercado: As sanções podem levar a uma mudança na maneira como os mercados globais operam, possivelmente afetando negativamente a economia global.

Conclusões da Conferência de Imprensa

As declarações de Maria Zakharova sublinham uma profunda divisão nas relações internacionais, destacando o uso de sanções econômicas como ferramentas de poder político e económico. A dinâmica entre os Estados Unidos, Rússia e China continua a ser uma questão central para a estabilidade econômica e política global.

Mundo

Crusoé: O recado do Papa para os bispos conservadores americanos

20.05.2024 13:22 2 minutos de leitura
Visualizar

Salman Rushdie: Estado palestino governado pelo Hamas seria 'como o Talibã'

Visualizar

Onde assistir São Paulo x Flamengo: confira detalhes do Campeonato Feminino

Visualizar

200 placas de bronze são furtadas de cemitério em Paiçandu, Paraná

Visualizar

Exército recua e reduz acesso de PMs a armas de uso restrito

Visualizar

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Visualizar

Tags relacionadas

China Estados Unidos Rússia
< Notícia Anterior

Bahia vence o Botafogo e é vice-líder do Brasileirão

05.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Israel para hoje pelo dia da lembrança do Holocausto

06.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: O recado do Papa para os bispos conservadores americanos

Crusoé: O recado do Papa para os bispos conservadores americanos

20.05.2024 13:22 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Salman Rushdie: Estado palestino governado pelo Hamas seria 'como o Talibã'

Salman Rushdie: Estado palestino governado pelo Hamas seria 'como o Talibã'

20.05.2024 13:20 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

20.05.2024 12:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Maduro fecha hotéis que recebem Corina Machado e aliados

Maduro fecha hotéis que recebem Corina Machado e aliados

20.05.2024 12:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.