Rússia anuncia exercícios militares que simulam o uso de armas nucleares Rússia anuncia exercícios militares que simulam o uso de armas nucleares
O Antagonista

Rússia anuncia exercícios militares que simulam o uso de armas nucleares

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 06.05.2024 10:08 comentários
Mundo

Rússia anuncia exercícios militares que simulam o uso de armas nucleares

O regime de Vladmir Putin anunciou nesta segunda-feira a realização de exercícios militares que simularão o uso de armas nucleares tática

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 06.05.2024 10:08 comentários 0
Rússia anuncia exercícios militares que simulam o uso de armas nucleares
Fonte: Sputnik/Gavriil Grigorov/Kremlin via Reuters

A Rússia anunciou nesta segunda-feira, 6, a realização de exercícios militares que simularão o uso de armas nucleares táticas. A decisão, tomada pelo presidente Vladimir Putin, é vista como uma resposta a alegadas ameaças provenientes de França, Grã-Bretanha e Estados Unidos em relação ao apoio militar prestado à Ucrânia.

Os exercícios, que envolverão o uso de mísseis, da aviação e marinha do distrito militar sul, servirão para garantir a “integridade territorial” da Rússia perante o que o ministério da defesa local chamou de “declarações provocativas” por parte de autoridades ocidentais.

Esta é a primeira vez que a Rússia anuncia publicamente a realização de manobras militares com armas nucleares táticas, que, apesar de menor potência que as armas nucleares estratégicas, ainda possuem um poder destrutivo significativo. Os Estados Unidos minimizaram as preocupações sobre uma mudança na postura nuclear da Rússia, mas reconhecem a seriedade de tais alertas no contexto atual.

O anúncio ocorre em meio a um impasse entre a Rússia e o Ocidente em torno da guerra em curso na Ucrânia. A Rússia considera a ajuda militar ocidental à Ucrânia como uma ameaça inaceitável. Tanto a Rússia quanto a OTAN estão atualmente engajadas em exercícios militares em larga escala.

O uso de armas nucleares desde a Segunda Guerra Mundial era impensável, por isso a decisão da Rússia de vincular esses exercícios às tensões geopolíticas atuais é mereceu atenção da OTAN e aliados.

Brasil

200 placas de bronze são furtadas de cemitério em Paiçandu, Paraná

20.05.2024 13:14 2 minutos de leitura
Visualizar

Exército recua e reduz acesso de PMs a armas de uso restrito

Visualizar

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Visualizar

Presidente do Corinthians viaja a Europa para vender Wesley

Visualizar

Maduro fecha hotéis que recebem Corina Machado e aliados

Visualizar

Jorge Jesus se aproxima de renovação com o Al-Hilal

Visualizar

< Notícia Anterior

Concurso da Câmara de Caucaia 2024: 56 vagas disponíveis, veja detalhes

06.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Você pode ajudar a encontrar Maria, uma das desaparecidas do Brasil

06.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

Apple é forçada a reduzir preços na China para confrontar Huawei

20.05.2024 12:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Maduro fecha hotéis que recebem Corina Machado e aliados

Maduro fecha hotéis que recebem Corina Machado e aliados

20.05.2024 12:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Ultrajante”, diz presidente de Israel sobre pedido de prisão de Netanyahu

“Ultrajante”, diz presidente de Israel sobre pedido de prisão de Netanyahu

20.05.2024 11:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Abacaxi Rubyglow: Uma "fruta premium" por 2 mil reais

Abacaxi Rubyglow: Uma "fruta premium" por 2 mil reais

20.05.2024 11:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.