Quem é Yulia Navalnaya, esposa de Navalny que promete seguir os passos Quem é Yulia Navalnaya, esposa de Navalny que promete seguir os passos
O Antagonista

Quem é Yulia Navalnaya, esposa de Navalny que promete seguir os passos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 19.02.2024 17:38 comentários
Mundo

Quem é Yulia Navalnaya, esposa de Navalny que promete seguir os passos

Conheça Yulia Navalnaya, viúva do opositor russo Alexei Navalny, que se destaca na luta por uma Rússia democrática contra Putin. Ela promete continuar o legado do marido e não se intimidar.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 19.02.2024 17:38 comentários 0
Quem é Yulia Navalnaya, esposa de Navalny que promete seguir os passos
Fonte: Reprodução / GettyImages

A viúva do principal opositor de Putin, Yulia Navalnaya, prometeu não ser intimidada pelo presidente russo após a morte de seu marido, Alexei Navalny, em uma prisão ao norte do Círculo Polar Ártico em 2021. Navalnaya, que evitava os holofotes, agora se encontra no centro do palco, prometendo proteger os outros russos.

Yulia Navalnaya: De Bastidores à Frente da Luta

Navalnaya é natural de Moscou e é formada em Relações Internacionais pela Universidade de Economia Plekhanov. Depois de se formar, ela trabalhou em um banco até sair para cuidar da filha mais velha, Darya. Ela voltou ao trabalho ajudando seus sogros a vender móveis, mas decidiu se concentrar apenas na família após o nascimento do filho Zakhar e à medida que Navalny ganhava mais destaque.

O Momento Decisivo: O Envenenamento de Navalny

O adversário de Putin ficou doente durante um voo para Moscou em agosto de 2020. Navalny foi levado às pressas para um hospital em Omsk, onde foi feita uma aterrissagem de emergência, e depois foi transferido para a Alemanha. Navalnaya ganhou atenção nacional e internacional como a mulher estoica e serena ao lado de seu marido doente e em coma.

Navalnaya Assume o Centro do Palco

Yulia arriscou prisão ao participar de protestos pedindo a libertação de seu marido e ajudou a exercer pressão pública e internacional sobre o governo russo. Ela foi comparada à ex-primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, pelos meios de comunicação russos independentes, enquanto seus seguidores se perguntavam se ela lideraria o movimento de oposição do país.

Navalnaya’s Promessa de Continuar a Luta

Agora um símbolo ainda maior para a causa de Navalny, Yulia prometeu continuar a lutar por um governo russo democrático. “Putin matou metade de mim. Mas a outra metade de mim permanece e me diz que não tenho o direito de me render“, afirmou.

Brasil

Moraes quer ouvir X sobre alegações da PF

22.04.2024 14:24 1 minuto de leitura
Visualizar

UE eleva sanções ao Irã por ataques a Israel

Visualizar

Lewandowski quer mais poder da União na segurança pública

Wesley Oliveira Visualizar

Onde assistir Farense x Benfica: confira detalhes da partida

Visualizar

Crusoé: Primeiro dia de julgamento de Donald Trump começa com depoimentos

Visualizar

Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

Visualizar

Tags relacionadas

Alexei Navalny Alexey Navalny Navalny
< Notícia Anterior

Homem é detido após tentativa de assalto a Igreja em Barretos

19.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Casos de dengue no Brasil ultrapassam 650 mil

19.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

UE eleva sanções ao Irã por ataques a Israel

UE eleva sanções ao Irã por ataques a Israel

22.04.2024 14:10 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Primeiro dia de julgamento de Donald Trump começa com depoimentos

Crusoé: Primeiro dia de julgamento de Donald Trump começa com depoimentos

22.04.2024 13:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

22.04.2024 13:51 6 minutos de leitura
Visualizar notícia
OIT alerta: está muito quente no seu trabalho

OIT alerta: está muito quente no seu trabalho

22.04.2024 12:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.