Pró-palestinos vandalizam memorial da Primeira Guerra, em NY Pró-palestinos vandalizam memorial da Primeira Guerra, em NY
O Antagonista

Pró-palestinos vandalizam memorial da Primeira Guerra, em NY

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 13:14 comentários
Mundo

Pró-palestinos vandalizam memorial da Primeira Guerra, em NY

Manifestantes pró-palestinos desfiguraram um memorial da Primeira Guerra Mundial no Central Park de Nova York, pichando com o nome "Gaza" a base de uma estátua com grafites e incendiando uma bandeira americana.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.05.2024 13:14 comentários 1
Pró-palestinos vandalizam memorial da Primeira Guerra, em NY
Reprodução/X

Manifestantes pró-palestinos desfiguraram um memorial da Primeira Guerra Mundial no Central Park de Nova York, pichando a base de uma estátua com grafites e incendiando uma bandeira americana.

Os manifestantes – parte de uma multidão de 1.000 pessoas – também colocaram bandeiras palestinas no 107º memorial da Infantaria.


O ato de vandalismo desenfreado fez parte de um protesto do “dia de raiva”, em que os participantes não demonstraram nenhum respeito pela bandeira dos Estados Unidos ou pelo memorial de guerra. A palavra ‘Gaza’ foi pintada com spray na base da estátua em tinta preta e vermelha. Não está claro se a polícia fez alguma prisão pelo vandalismo.

A profanação dos memoriais ocorreu quando os manifestantes não conseguiram chegar perto do Metropolitan Museum of Art, pois a polícia bloqueou o acesso dos manifestantes ao evento.Vídeos e fotos mostraram a polícia expulsando os manifestantes das ruas próximas e prendendo aqueles que não obedeceram.

Quase 30 manifestantes antiIsrael foram presos perto do Met Museum.

Outros manifestantes voltaram sua atenção para o 107º Memorial de Infantaria, sacando marcadores e tinta spray para deixar sua marca. Alguns colaram adesivos com a bandeira palestina nos soldados de bronze da estátua.

À medida que as imagens da profanação circulavam online, vários espectadores – alguns dos quais tinham parentes que serviram na Primeira Guerra Mundial – manifestaram seu desgosto.

“Meu bisavô morreu lá”, escreveu um comentarista. “Ver isso é perturbador”, acrescentou outro. ‘Meu pai serviu no exército dos EUA no Vietnã durante a guerra. Meu tio serviu no exército no Panamá durante a guerra do Vietnã. Além disso, meu tio-avô serviu na Primeira Guerra Mundial. Acho isso muito ofensivo. Outro declarou: ‘Aqueles que desfiguram um memorial deveriam cumprir longas sentenças na prisão.’ ‘Nojento’, escreveu uma pessoa simplesmente. “Faça-os pagar para limpar”, acrescentou outra pessoa.

Na noite de segunda-feira, os manifestantes marcharam por toda a cidade de Nova York depois de começarem no Upper East e no Hunter College de Manhattan. Eles foram para o Met quando as celebridades começaram a chegar. Os manifestantes aplaudiram aqueles que desfiguraram o memorial agitando bandeiras palestinas

Mundo

“Ultrajante”, diz presidente de Israel sobre pedido de prisão de Netanyahu

20.05.2024 11:51 2 minutos de leitura
Visualizar

Detentos do RS criam móveis para auxiliar vítimas de enchentes

Visualizar

Onde assistir Fluminense x Palmeiras: confira detalhes do Campeonato Feminino

Visualizar

Abacaxi Rubyglow: Uma "fruta premium" por 2 mil reais

Visualizar

De mal a pior: veja como estão as perspectivas econômicas

Visualizar

Concurso MinC: analistas tem prova avaliatória adiada

Visualizar

Tags relacionadas

ato pró-Palestina protestos
< Notícia Anterior

Onde assistir PSG x Borussia Dortmund: confira detalhes da partida

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Idoso de 102 anos é resgatado de enchente em Santa Tereza

07.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-07 14:43:27

Este tipo de ato já ultrapassa os parâmetros do que seja uma manifestação política. Sim, esse é mais um CRIME DE ÓDIO perpetrado por EXTREMISTAS DE ESQUERDA, que, HIPOCRITAMENTE, costumam atribui-los tão somente aos extremistas de direita!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

“Ultrajante”, diz presidente de Israel sobre pedido de prisão de Netanyahu

“Ultrajante”, diz presidente de Israel sobre pedido de prisão de Netanyahu

20.05.2024 11:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Abacaxi Rubyglow: Uma "fruta premium" por 2 mil reais

Abacaxi Rubyglow: Uma "fruta premium" por 2 mil reais

20.05.2024 11:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Javier Milei não vai pedir desculpas ao governo espanhol

Javier Milei não vai pedir desculpas ao governo espanhol

20.05.2024 11:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Quem é a chinesa que ultrapassou a Tesla de Elon Musk

Quem é a chinesa que ultrapassou a Tesla de Elon Musk

20.05.2024 10:51 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.