O Antagonista

Presidente do Chipre clama por medidas mais efetivas contra a migração irregular na UE

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 10:39 comentários
Mundo

Presidente do Chipre clama por medidas mais efetivas contra a migração irregular na UE

Explore a chamada do Presidente do Chipre por medidas mais efetivas contra a migração irregular na UE

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 10:39 comentários 1
Presidente do Chipre clama por medidas mais efetivas contra a migração irregular na UE
Fonte: REUTERS/Juan Medina

O Presidente do Chipre, Nikos Christodoulides, afirmou nessa segunda-feira que somente investir dinheiro na migração irregular não resolverá o problema. Ele pediu à União Europeia (UE) uma abordagem mais abrangente e a reconsideração da proibição de deportações para a Síria.

Nos últimos anos, o Chipre enfrentou um aumento na migração irregular, seja por mar vindos da vizinha Síria e Líbano, seja através de uma brecha agora fechada na linha de cessar-fogo que divide a ilha.

Uma solução a longo prazo

“Se realmente queremos lidar com a questão da migração, não será através de dinheiro ou ações para lidar com o próprio fenômeno. Tem que ser por meio da avaliação das causas raízes e da cooperação com os países de origem dos migrantes”, disse Christodoulides.

A ilha Cipriota localiza-se a cerca de 185 km a oeste do Líbano e da Síria. No último ano, o Chipre presenciou más de quadruplicar as chegadas de ambos os países, criando temores em Nicósia de um aumento caso as tensões no Oriente Médio atinjam regiões mais amplas.

Situação na Síria

“Estou ciente das sensibilidades em torno disso”, declarou Christodoulides. “Existem áreas na Síria onde temos que examinar se são seguras e, por extensão, se os migrantes dessas áreas específicas podem ser devolvidos. Não acho certo que a UE não discuta isso”, afirmou ele.

Ainda nesse contexto, o Ministro das Finanças do Zimbabwe, Mthuli Ncube, informou na segunda-feira que o país está trabalhando em novas medidas para estabilizar sua moeda local, incluindo a vinculação da taxa de câmbio a ativos sólidos como ouro, e a criação de um conselho de moeda.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

Chipre imigração irregular
< Notícia Anterior

Juventus x Udinese: confira detalhes e onde acompanhar essa partida!

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Iporá x Crac: confronto no campeonato goiano, veja onde acompanhar!

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-12 10:55:12

O que tem a ver o problema da imigração no Chipre com a estabilização da moeda no Zimbábue?! Acordem!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

02.03.2024 21:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aquecimento global fecha estações de esqui na Suécia

Aquecimento global fecha estações de esqui na Suécia

02.03.2024 20:48 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da Irlanda hospitalizado para monitoramento

Presidente da Irlanda hospitalizado para monitoramento

02.03.2024 20:40 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tempestade de neve na Califórnia fecha estações de esqui

Tempestade de neve na Califórnia fecha estações de esqui

02.03.2024 20:14 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.