Portas abertas para brasileiros nos EUA em 2024 Portas abertas para brasileiros nos EUA em 2024
O Antagonista

Portas abertas para brasileiros nos EUA em 2024

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 25.02.2024 20:30 comentários
Mundo

Portas abertas para brasileiros nos EUA em 2024

Explore oportunidades profissionais nos EUA para brasileiros. Conheça os desafios e critérios para obter um visto em meio à demanda americana por profissionais qualificados em 2024. Leia mais!

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 25.02.2024 20:30 comentários 0

Dois dos maiores países do mundo, Brasil e Estados Unidos, fecharam o ano de 2024 em situações opostas no que tange ao emprego. Aqui no Brasil, o desemprego encerrou em 7,8%, sendo a melhor marca desde 2014, mas ainda assim representa 16.7 milhões de desempregados. Nos EUA, a situação é bem diferente: com uma taxa de 3,7%, o país norte-americano está em estado de “pleno emprego”.

Empresas americanas enfrentam dificuldade para atrair talentos

Segundo uma pesquisa encomendada pela Avalara, uma empresa de software de automação fiscal, 84% dos diretores financeiros (CFOs) dos Estados Unidos e do Reino Unido têm encontrado dificuldades para atrair e reter talentos em suas equipes de contabilidade e finanças. Essa situação abre um leque de oportunidades para imigrantes, incluindo os brasileiros.

“Os Estados Unidos são a maior economia do mundo, com um Produto Interno Bruto (PIB) estimado em US$ 26,95 trilhões. O país absorve toda mão de obra disponível. Isso gera uma concorrência entre os empregadores, que disputam funcionários bons e qualificados”, esclarece Gustavo Rene Nicolau, advogado fundador do escritório Green Card US, que é especializado em imigração.

Demanda nos EUA exige importação de profissionais qualificados

De acordo com dados recentes do Departamento de Imigração Americano, os Estados Unidos precisam importar profissionais qualificados, principalmente nas áreas de ciências, saúde, tecnologia, engenharia e matemática. Com crescimento econômico acima da previsão do mercado financeiro, a demanda se torna ainda maior.

O PIB dos estados da Califórnia (US$ 3,5 trilhões) e Nova York (US$ 2,2 trilhões) são maiores que todo o PIB do Brasil – aproximadamente US$ 1,6 trilhão. Dada essa necessidade de manutenção e crescimento, conforme afirma o advogado, nascem diversas oportunidades de trabalho.

Transição para os EUA requer visto de trabalho e residência

Para conseguir trabalhar nos Estados Unidos, é preciso obter um visto de trabalho e residência. Caso uma empresa no país solicite a contratação de um profissional estrangeiro ao governo, o visto pode ser emitido em até 6 meses. Contudo, se a solicitação não partir de uma empresa, o imigrante pode solicitar o Green Card por conta própria – nesse caso, a espera pode alcançar um ano e meio.

Alguns critérios fundamentais na hora de solicitar o visto são: ter concluído o ensino superior, ter reconhecimento na área de trabalho, ser autor de publicações acadêmicas, ter artigos publicados na imprensa e licença para exercer profissão, entre outros fatores.

Em meio a esta realidade, é importante notar que a experiência presencial oferece maiores chances de promoção, devido a uma proximidade maior com a empresa e seus funcionários. No entanto, muitas empresas estão abertas ao trabalho remoto, especialmente na área de tecnologia – como programação, desenvolvimento e dados.

Brasil

Barroso contra a “perversidade” de Salomão no CNJ

16.04.2024 20:53 7 minutos de leitura
Visualizar

Justiça reconduz ao cargo presidente de conselho da Petrobras

Visualizar

Reino Unido avança em legislação para proibir tabaco

Visualizar

Geadas previstas para os próximos dias no Sul do Brasil

Visualizar

Estádio do Flamengo: sede da Gávea pode ajudar no financiamento

Visualizar

CNJ forma maioria para derrubar afastamento de ex-juíza da Lava Jato

Visualizar

Tags relacionadas

Estados Unidos
< Notícia Anterior

DNA revela identidade de adolescente desaparecida em 1960

25.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

O resurgimento do Lago Manly no deserto do vale da morte

25.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Reino Unido avança em legislação para proibir tabaco

Reino Unido avança em legislação para proibir tabaco

16.04.2024 20:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Uso de bicicletas em Paris ultrapassa uso de carros

Uso de bicicletas em Paris ultrapassa uso de carros

16.04.2024 20:05 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
EUA diz que China financia crise de fentanil americana

EUA diz que China financia crise de fentanil americana

16.04.2024 20:01 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Acabaram os mísseis da Ucrânia

Acabaram os mísseis da Ucrânia

16.04.2024 19:11 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.