Pixar demite cerca de 14% da força de trabalho Pixar demite cerca de 14% da força de trabalho
O Antagonista

Pixar demite cerca de 14% da força de trabalho

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 21.05.2024 18:20 comentários
Mundo

Pixar demite cerca de 14% da força de trabalho

Pixar Anuncia Redução de Força de Trabalho e Foca em Produções Cinematográficas

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 21.05.2024 18:20 comentários 0
Pixar demite cerca de 14% da força de trabalho
Fonte: Reprodução/CNN

A renomada Pixar Animation Studios, conhecida mundialmente por sucessos como “Toy Story” e “Up”, iniciou uma significativa redução de seu quadro de funcionários esta semana. Cerca de 14% da força de trabalho da empresa será desligada, o que equivale a aproximadamente 175 empregados. Essa decisão marca um redirecionamento estratégico nas operações da Pixar, que passará a dar menos ênfase às séries originais de streaming para se concentrar mais nas produções destinadas ao cinema.

Por que a Pixar está Reduzindo sua Produção de Séries de Streaming?

Segundo informações de uma fonte interna, a mudança vem na esteira de alterações no comando executivo da companhia-mãe, a Walt Disney Company. Sob a gestão do ex-CEO Bob Chapek, houve um forte incentivo para que as unidades criativas da empresa, incluindo a Pixar, desenvolvessem conteúdos exclusivos para a plataforma de streaming Disney+. No entanto, com o retorno de Bob Iger ao papel de CEO, observa-se uma desaceleração nos investimentos em novos conteúdos de streaming, alinhando-se a uma estratégia de tornar o serviço mais rentável.

Qual será o Novo Foco da Pixar após os Cortes?

A nova estratégia da Pixar envolverá um foco renovado na criação de filmes para exibição nos cinemas, antes que estes cheguem ao Disney+. Ainda que uma série original esteja programada para ser lançada este ano no Disney+ — “Ganhar ou Perder”, que narra as peripécias de um time de softball — o objetivo principal será fortalecer a presença no cinema, retornando às raízes que consagraram a Pixar como um ícone no mundo da animação.

Impacto dos Desligamentos na Pixar

Os cortes no pessoal, embora representem uma estratégia de readequação ao mercado, impactam diretamente centenas de funcionários e suas famílias. A notificação das demissões foi recebida com surpresa e tristeza por muitos, conforme relatos de empregados afetados. Além disso, a alteração nas diretrizes de produção da Pixar também pode influenciar a indústria de animação de streaming, na medida em que uma das suas maiores produtoras redireciona o foco para o cinema.

Historicamente, a Pixar sempre esteve na vanguarda do entretenimento familiar e suas produções frequentemente ultrapassam a barreira do entretenimento para se tornarem parte da cultura popular global. Analistas estarão de olho nos próximos lançamentos da empresa para avaliar se a mudança de estratégia pode alterar a qualidade e a recepção de suas obras futuras tanto pelos críticos quanto pelo público.

Perspectivas Futuras para o Disney+ e Hulu

Enquanto a Pixar redireciona seu foco, a divisão de entretenimento da Disney, que abarca tanto o Disney+ quanto o Hulu, revelou lucro operacional no último trimestre. Isso indica que, apesar dos desafios, o modelo de negócio de streaming da Disney pode se manter sustentável e lucrativo a longo prazo com os ajustes corretos em sua gestão de conteúdo e investimentos.

Este é um período de transição crucial para a Pixar e para a Disney como um todo. O reequilíbrio entre produção para cinema e conteúdo para streaming será determinante para definir o sucesso financeiro e a permanência do legado destas gigantes do entretenimento no futuro.

Brasil

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

12.06.2024 15:39 1 minuto de leitura
Visualizar

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Visualizar

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Visualizar

Medel tem saída do Vasco confirmada por Pedrinho

Visualizar

Lula não tem pressa em sanear seu ministério

Carlos Graieb Visualizar

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Visualizar

< Notícia Anterior

Demi Moore fala sobre nu frontal em seu novo filme, "The Substance"

21.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

À espera de Ata do FED, juros locais recuam, mas bolsa cai

21.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

12.06.2024 15:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

12.06.2024 15:32 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

12.06.2024 15:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

12.06.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.