“Parem de confundir terroristas do Hamas com palestinos inocentes” “Parem de confundir terroristas do Hamas com palestinos inocentes”
O Antagonista

“Parem de confundir terroristas do Hamas com palestinos inocentes”

avatar
Felipe Moura Brasil
2 minutos de leitura 08.10.2023 10:19 comentários
Mundo

“Parem de confundir terroristas do Hamas com palestinos inocentes”

A escritora e ativista Yasmine Mohammed, que defende os direitos das mulheres em países de maioria islâmica, mandou o seguinte recado na rede social X, ex-Twitter, na manhã deste domingo, 8, quando a imprensa de Israel já contava 500 israelenses mortos e 2 mil feridos após os ataques do Hamas contra o país no sábado: … Continued

avatar
Felipe Moura Brasil
2 minutos de leitura 08.10.2023 10:19 comentários 0
“Parem de confundir terroristas do Hamas com palestinos inocentes”
Foto: Reprodução

A escritora e ativista Yasmine Mohammed, que defende os direitos das mulheres em países de maioria islâmica, mandou o seguinte recado na rede social X, ex-Twitter, na manhã deste domingo, 8, quando a imprensa de Israel já contava 500 israelenses mortos e 2 mil feridos após os ataques do Hamas contra o país no sábado:

“Muitas pessoas neste aplicativo estúpido não conseguem distinguir entre palestinos inocentes e terroristas como os do Hamas. Parem de confundir os dois. Vocês não estão ajudando. Tenho família em Gaza. Eles odeiam o Hamas. Eles [os familiares] não estão torturando mulheres e exibindo seus cadáveres. As pessoas que fazem isso não são ‘palestinos inocentes’. São terroristas maus e monstruosos. Isto [a distinção entre ambos] não deveria ser difícil.”

Ela ainda concordou com a afirmação de que “não há diferença entre o Hamas e Estado Islâmico”, porque “o resultado é o mesmo”.

“Sim. E a forma como o Estado Islâmico tratou as mulheres Yazidi é a mesma que o Hamas trata as mulheres israelenses. Esses animais bárbaros sempre têm como alvo as mulheres.”

Os Yazidis, alvo de genocídio no noroeste do Iraque em 2014, são uma pequena minoria étnica e religiosa de língua curda, perseguida pelos terroristas do grupo Estado Islâmico, também conhecido como ISIS ou Daesh. Eles submeteram as mulheres à escravidão sexual, exterminaram centenas de homens e recrutaram crianças-soldados.

Yasmine Mohammed é autora do livro “Como os esquerdistas ocidentais empoderam o Islã radical”. Ela entende de governos de esquerda, como o de Lula no Brasil, e de partidos de esquerda, como o PT de Lula e Gleisi Hoffmann, que não condenam terroristas assassinos como tais e que não ajudam em nada a situação das vítimas inocentes em cada um dos países envolvidos.

Brasil

Brasil em estado de emergência habitacional

23.06.2024 14:15 3 minutos de leitura
Visualizar

Rodrygo assume peso da camisa 10 pela Seleção Brasileira

Visualizar

São Paulo passa por onda extrema de seca

Visualizar

PF desmantela quadrilha de tráfico de animais silvestres online

Visualizar

MDB é o principal adversário do governo, diz ministro de Lula

Visualizar

DETRAN do Rio Grande do Sul teme abandono de veículos

Visualizar

Tags relacionadas

ataques direitos humanos Estado Islâmico Hamas Islã Israel mulheres Palestina Yasmine Mohammed
< Notícia Anterior

Gabinete de Segurança de Israel aprova declaração de guerra

08.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Iraniano Khamenei, patrocinador do Hamas, diz que fim de Israel está chegando

08.10.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Felipe Moura Brasil

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: as regras do debate entre Biden e Trump

Crusoé: as regras do debate entre Biden e Trump

23.06.2024 12:56 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Quais os impactos da cafeína no dia a dia?

Quais os impactos da cafeína no dia a dia?

23.06.2024 12:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Entenda o caos climático de calor na Índia

Entenda o caos climático de calor na Índia

23.06.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Homem é inocentado após passar 20 anos no corredor da morte

Homem é inocentado após passar 20 anos no corredor da morte

23.06.2024 11:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.