Nova lei na Alemanha ameaça futuro dos cachorros salsicha Nova lei na Alemanha ameaça futuro dos cachorros salsicha
O Antagonista

Nova lei na Alemanha ameaça futuro dos cachorros salsicha

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 28.03.2024 20:33 comentários
Mundo

Nova lei na Alemanha ameaça futuro dos cachorros salsicha

Descubra como a nova lei poderia impactar os cães salsicha na Alemanha, incluindo detalhes sobre as preocupações dos criadores e posições oficiais.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 28.03.2024 20:33 comentários 0
Nova lei na Alemanha ameaça futuro dos cachorros salsicha
Fonte: gettyimages

A Alemanha se encontra diante de uma controvérsia que envolve os amados cães da raça dachshund, popularmente conhecidos como “salsichas”. Um projeto de lei apresentado em fevereiro deste ano está no centro das atenções por suas implicações potenciais na proibição da reprodução dessa e de outras raças caninas. A proposta faz parte de um esforço mais amplo para fortalecer a legislação de proteção aos animais no país, focando no combate ao comércio ilegal e práticas consideradas cruéis.

Conforme detalhado pela Verband für das Deutsche Hundewesen (VHD), a associação de criadores de cachorros na Alemanha, a lei inclui uma lista de características físicas, consideradas anormais, que poderiam levar à proibição da reprodução de cães que seriam, de outra forma, saudáveis. Características como problemas no sistema esquelético ou de movimento e malformações em órgãos internos fazem parte dessa lista, o que, segundo os críticos, abre margem para interpretações que poderiam afetar adversamente várias raças caninas.

Quais Raças Estão Sob Risco além dos Dachshunds?

A VHD alerta que, embora o foco pareça estar nos dachshunds, as ambiguidades do texto do projeto de lei podem colocar em risco várias outras raças, incluindo beagles, boxers, terriers e schnauzers. Especificamente, a preocupação é que critérios como “anomalias do sistema esquelético” possam ser interpretados de maneira a proibir a reprodução de qualquer cão com desvios significativos em seu tamanho ou forma, afetando particularmente o comprimento das pernas de cães pequenos como os “salsichas”.

Resposta do Ministério da Agricultura da Alemanha

Em resposta às preocupações levantadas, o Ministério da Agricultura da Alemanha esclareceu que o projeto visa proibir especificamente a “reprodução por tortura”, que é definida pela criação de animais sob condições que causam “dor, sofrimento e danos”. Um porta-voz reassurou que o objetivo não é banir raças inteiras como os dachshunds, mas sim garantir que a reprodução seja conduzida de maneira ética e responsável.

Como a Comunidade Reagiu?

A VHD tomou a iniciativa de lançar uma petição contra o projeto de lei, argumentando que a proposta precisa ser reformulada para remover as ambiguidades que poderiam afetar negativamente a criação de cães saudáveis. Peter Friedrich, presidente da VDH, expressou confiança de que ajustes na proposição podem ser feitos para esclarecer os tipos de “anomalias” mencionadas, aliviando assim os temores da comunidade de criadores e amantes de cães.

Enquanto o debate prossegue,a situação destaca a necessidade de uma legislação clara e justa que proteja os animais sem prejudicar raças específicas ou a cultura de criação responsável. A Alemanha, com sua rica tradição em cuidados com animais de estimação, está diante de um momento decisivo na busca pelo equilíbrio entre a proteção animal e a preservação das diversas raças caninas que são tão amadas por suas populações.

Esportes

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

24.04.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Botafogo vence o Universitario pela Libertadores com golaço de Luiz Henrique

Visualizar

Flamengo na Libertadores: Tite faz mudanças de última hora na escalação

Visualizar

O cinismo de André Janones sobre rachadinha

Visualizar

PC-RJ indicia suspeitos por assassinato de advogado a queima roupa

Visualizar

20 toneladas de queijo sao apreendidas em Minas Gerais

Visualizar

Tags relacionadas

Alemanha
< Notícia Anterior

Macron ‘assume’ casamento com Lula, mas quer novo acordo UE-Mercosul

28.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

PF e MP do RJ em crise após relatório sobre caso Marielle Franco

28.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Reino Unido e Alemanha assinam acordo de defesa

Reino Unido e Alemanha assinam acordo de defesa

24.04.2024 20:46 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Norte amplia força militar desafiando EUA

Coreia do Norte amplia força militar desafiando EUA

24.04.2024 20:14 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
CEO do TikTok espera derrubar proibição dos EUA

CEO do TikTok espera derrubar proibição dos EUA

24.04.2024 19:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Meta enfrenta queda de ações após apostar pesado em IA

Meta enfrenta queda de ações após apostar pesado em IA

24.04.2024 19:42 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.