Musk protecionista? Musk protecionista?
O Antagonista

Musk protecionista?

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 10:15 comentários
Economia

Musk protecionista?

Bilionário pede proteção contra montadora chinesa de carros elétricos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 10:15 comentários 0
Musk protecionista?
Reprodução

Elon Musk, conhecido por sua postura liberal-libertária, surpreendeu o mercado ao adotar um tom protecionista ao elogiar a eficiência das fabricantes chinesas de carros elétricos.

Durante a apresentação de resultados da Tesla na última semana, Musk destacou a competência chinesa e alertou para a necessidade de barreiras tarifárias contra a concorrência da BYD, sua principal rival, que recentemente ultrapassou a Tesla em venda.

Este posicionamento contrasta com sua atitude de 2011, quando minimizou a ameaça da BYD, descrevendo seus carros como feios e com tecnologia frágil. Agora Musk admite que a montadora chinesa evoluiu muito.

A BYD, impulsionada pelo apoio de Pequim à transição do mercado automotivo para veículos sem motor a combustão, tem se destacado no setor. Em 2023, a fabricante chinesa vendeu 1,57 milhão de veículos elétricos, um crescimento de 73% em relação a 2022, e adicionou 1,44 milhão de carros híbridos ao mercado. Com isso, ultrapassou a Tesla, que entregou 1,8 milhão de unidades no mesmo ano, e enfrenta uma queda de vendas prevista para 2024.

A Tesla, apesar de ainda liderar no segmento dos carros 100% elétricos em 2023, vê suas ações em declínio, acumulando uma queda de 26% desde o início do ano. Em contrapartida, a BYD expande suas fronteiras, marcando presença em 70 países e planejando a abertura de fábricas em mercados estratégicos, como Hungria e México, para contornar potenciais barreiras comerciais.

Na Europa, a investida da BYD desperta preocupações. Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, mencionou a necessidade de defesa contra “práticas desleais” no mercado de carros elétricos, destacando a investigação europeia sobre os subsídios chineses ao setor. Enquanto isso, nos EUA, uma barreira tarifária de 27,5% protege o mercado americano da invasão chinesa, taxa estabelecida durante o governo Trump e mantida por Biden.

No Brasil, a BYD ganha terreno rapidamente. Em 2023, vendeu 10.274 carros elétricos, superando todas as outras marcas. A empresa discute a abertura de uma fábrica em Camaçari, Bahia, visando fortalecer sua presença no mercado brasileiro. Essa expansão tem sido facilitada pela isenção tarifária para elétricos e híbridos, embora o governo brasileiro planeje aumentar gradativamente os impostos sobre esses veículos até 2026.

Mundo

Tempestade catastrófica em Moscou: Uma tragédia com mortes

20.06.2024 22:51 2 minutos de leitura
Visualizar

Suspeitos de roubo de Rolexa do "Dentista dos Famosos" são presos

Visualizar

Com gol nos acréscimos, Flamengo vence o Bahia e é líder do Brasileirão

Visualizar

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

Visualizar

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

< Notícia Anterior

Ataque a base dos EUA pode colocar o país direto na guerra do Oriente Médio?

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Papa fala sobre guerra, homossexualidade, e inteligência artificial

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Tempestade catastrófica em Moscou: Uma tragédia com mortes

Tempestade catastrófica em Moscou: Uma tragédia com mortes

20.06.2024 22:51 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

20.06.2024 21:22 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Seoul considera armar Ucrânia após acordo entre Rússia e Coreia do Norte

Crusoé: Seoul considera armar Ucrânia após acordo entre Rússia e Coreia do Norte

20.06.2024 21:02 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Filipinas divulga vídeo sob ataque chinês com armas brancas

Filipinas divulga vídeo sob ataque chinês com armas brancas

20.06.2024 20:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.