Musk: "Grande dano à fé pública" Musk: "Grande dano à fé pública"
O Antagonista

Musk: “Grande dano à fé pública”

avatar
Alexandre Borges
3 minutos de leitura 31.05.2024 08:07 comentários
Mundo

Musk: “Grande dano à fé pública”

Empresário disse que condenação de Trump foi "motivada por política, não justiça"

avatar
Alexandre Borges
3 minutos de leitura 31.05.2024 08:07 comentários 1
Musk: “Grande dano à fé pública”
Trump Musk

Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX, fez uma declaração em sua conta no X, rede social da qual é dono, criticando duramente o sistema judicial americano por conta da condenação de Donald Trump.

Segundo Musk, a recente condenação criminal de Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, representa um grave dano à confiança do público no sistema de justiça do país.

“Se um ex-presidente pode ser condenado criminalmente por um assunto tão trivial, motivado por política em vez de justiça, então qualquer um está em risco de sofrer o mesmo destino”, afirmou Musk.

Uma aliança entre Musk e Trump

Recentemente, Elon Musk e Donald Trump têm estreitado laços, discutindo possíveis colaborações no caso de uma nova vitória do republicano. A relação, anteriormente marcada por trocas públicas de insultos, evoluiu para uma série de conversas telefônicas frequentes e encontros estratégicos.

Os dois têm discutido temas variados, desde segurança nas fronteiras até economia e ciência. Musk, que já serviu em grupos consultivos durante o mandato anterior de Trump, sinalizou que prefere usar sua influência nos círculos empresariais e tecnológicos para impactar políticas públicas, ao invés de simplesmente financiar campanhas eleitorais.

Em março, durante um encontro na mansão de Nelson Peltz em Palm Beach, Musk, Trump e outros influentes empresários debateram sobre as eleições de novembro e criticaram a gestão de Biden. Entre os presentes estavam Peltz, um investidor bilionário, e outros nomes de destaque, como Rupert Murdoch e Peter Thiel.

Projetos e Influência

Musk e Peltz informaram Trump sobre um projeto de prevenção de fraudes eleitorais que estão desenvolvendo, buscando garantir a contagem justa dos votos. Essa iniciativa ecoa as alegações de Trump sobre fraudes nas eleições de 2020, apesar da rejeição dessas acusações por seu próprio ex-procurador-geral, Bill Barr.

Além disso, Musk tem organizado jantares privados com líderes empresariais para discutir maneiras de impedir a reeleição de Biden, destacando as falhas que ele e seus aliados percebem na administração atual. Em um desses eventos, realizado em Los Angeles, estiveram presentes nomes como Steven Mnuchin e David Sacks, sinalizando o peso e a seriedade das intenções de Musk.

A possível aliança formal entre Trump e Musk ainda não está totalmente definida, mas ambos demonstram um alinhamento crescente de interesses e objetivos. Enquanto Trump vê em Musk um aliado poderoso e influente, Musk busca moldar as políticas do país conforme suas convicções, especialmente em relação à economia e à segurança.

A declaração de Musk no X reflete não apenas sua insatisfação com a atual administração, mas também uma estratégia calculada para fortalecer suas posições e influenciar o debate público e político nos Estados Unidos.

Economia

Mercadante quer salvar Haddad com dividendos do BNDES

Rodrigo Oliveira
12.06.2024 15:47 2 minutos de leitura
Visualizar

CCJ da Câmara aprova PEC das Drogas

Wesley Oliveira Visualizar

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Visualizar

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Visualizar

Medel tem saída do Vasco confirmada por Pedrinho

Visualizar

Lula não tem pressa em sanear seu ministério

Carlos Graieb Visualizar

< Notícia Anterior

Concurso Saúde em Palmas: resultados preliminares e próximas etapas

31.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Namorada que matou empresário no rio era garota de programa e devia R$600 mil

31.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-31 13:48:45

"Me diga quem admiras e te direi quem és!" Sabe-se que Trump admira Putin. Será que, por isso, automaticamente, o sul-africano admira Putin? É isso? Neste mundo agora ideologicamente esquizofrênico, isso é perfeita e tristemente possível!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

Crusoé: Por que Putin mandou navios de guerra para Cuba

12.06.2024 15:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

Ex-reféns e vizinhos confirmam “jornalista” como captor afiliado ao Hamas

12.06.2024 15:32 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

12.06.2024 15:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

Acidente de barco deixa mais de 80 mortos no Congo

12.06.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.