Lula ataca Israel em encontro com ditador egípcio Lula ataca Israel em encontro com ditador egípcio
O Antagonista

Lula ataca Israel em encontro com ditador egípcio

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 15.02.2024 08:32 comentários
Mundo

Lula ataca Israel em encontro com ditador egípcio

Em declaração à imprensa, Lula disse que Israel tem "a primazia" de não cumprir as decisões proferidas pela ONU

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 15.02.2024 08:32 comentários 0
Lula ataca Israel em encontro com ditador egípcio
Foto: Reprodução

O presidente Lula (PT, foto) voltou a atacar Israel nesta quinta-feira, 15, durante encontro com o ditador egípcio Abdel Fattah al-Sisi, no Cairo.

Em declaração à imprensa, o petista disse que Israel tem “a primazia” de não cumprir as decisões proferidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

“Israel tem a primazia de descumprir, ou melhor, de não cumprir nenhuma decisão emanada da direção das Nações Unidas”, afirmou.

Lula também defendeu um “cessar-fogo definitivo” em Gaza e relembrou o apoio brasileiro ao processo instaurado na Corte Internacional de Justiça (CIJ) pela África do Sul contra Israel.

“É urgente estabelecer um cessar-fogo definitivo que permita a prestação de ajuda humanitária sustentável, desimpedida e imediata em incondicional liberação dos reféns. O Brasil é terminantemente contrário à tentativa de deslocamento forçado do povo palestino. Por esse motivo, entre outros, o Brasil se manifestou em apoio ao processo instaurado na Corte Internacional de Justiça pela África do Sul. Não haverá paz sem um Estado palestino convivendo lado a lado com Israel, dentro de fronteiras mutuamente acordadas e internacionalmente reconhecidas”, afirmou.

Lula, um ‘pacifista’ de araque

Enquanto defende o fim dos ataques do Exército israelense ao Hamas, Lula se recusa a chamar o grupo palestino de terrorista, embora tenha assassinado 1.200 inocentes em 7 de outubro de 2023 e sequestrado outros 239.

O petista também insiste em fazer uma inversão de valores e chamar a guerra de Israel contra o grupo terrorista Hamas de genocídio.

“Não se trata de uma guerra tradicional, mas de um genocídio, que mata milhares de crianças e mulheres que não têm culpa alguma”, disse Lula, em dezembro de 2023, em entrevista à Al Jazeera.

Apoiada pelo governo brasileiro, a ação movida pela África do Sul na Corte Internacional de Justiça (CIJ) também acusou Israel de cometer “genocídio” contra os palestinos da Faixa de Gaza.

Como mostrou O Antagonista, Lula já deixou bem claro o que pensa do Hamas.

Leia também: Lula na África é um convite para trapalhadas

Brasil

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

24.05.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Visualizar

A. Soares na Crusoé: O espanto das esquerdas ao encontrar alguém que não são eles

Visualizar

EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

Visualizar

Porto Alegre possui 26 áreas de risco de deslizamento, diz Defesa Civil

Visualizar

Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

Visualizar

Tags relacionadas

Egito Hamas Israel Lula
< Notícia Anterior

Acidente com carretas espalha shampoo e interdita Rodovia Anhanguera

15.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Nova lei de Segurança de Armas nos EUA pode ser aprovada após tiroteio em comemoração de título

15.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

24.05.2024 18:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

24.05.2024 18:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

24.05.2024 18:33 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Entenda a exclusão de Taiwan na reunião da OMS

Entenda a exclusão de Taiwan na reunião da OMS

24.05.2024 18:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.