Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia
O Antagonista

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 26.02.2024 14:45 comentários
Mundo

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Cerca de vinte chefes de Estado europeus reuniram-se, em Paris, por iniciativa do Presidente francês, Emmanuel Macron, para reafirmar o seu apoio à Ucrânia

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 26.02.2024 14:45 comentários 0
Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia
Reprodução/X

Cerca de vinte chefes de Estado e de governo, sobretudo europeus, reuniram-se nesta segunda-feira, 26 de fevereiro, em Paris, por iniciativa do Presidente francês, Emmanuel Macron, para reafirmar o seu apoio à Ucrânia.

A vitória ou a derrota da Ucrânia “depende de vocês”, disse no domingo o presidente Volodymyr Zelensky aos seus aliados, que discursarão na reunião organizada no palácio presidencial do Eliseu por videoconferência.

A grande maioria dos líderes europeus, incluindo o chanceler alemão Olaf Scholz e o presidente polaco Andrzej Duda, e os primeiros-ministros de cerca de 15 países da UE, estarão presentes nesta reunião. “A Ucrânia luta por si mesma, pelos seus ideais, pela nossa Europa”, escreveu Macron 3m seu perfil no X, na sexta-feira, na véspera do aniversário de dois anos da invasão russa. Nosso compromisso com ela não enfraquecerá.”

Numa altura em que o apoio americano, crucial para Kiev, ainda está bloqueado no Congresso, e quando a possibilidade do regresso de Donald Trump à Casa Branca faz a UE suar frio, Emmanuel Macron apela à Europa para uma compromisso coletivo contra a Rússia.

O aumento dos ataques cibernéticos e de informação por parte de uma Rússia “cada vez mais agressiva” também será discutido durante a reunião, segundo o Eliseu, que critica as manobras de “intimidação” russas. Participarão do encontro representantes americanos e canadenses, além do chefe da diplomacia britânica, David Cameron.

Tropas da OTAN na Ucrânia?


Robert Fico, primeiro-ministro da Eslováquia e um populista pró-Rússia que há muito se opõe ao envio de ajuda militar à Ucrânia, chegou a declarar que vários países da OTAN e da União Europeia estão considerando enviar soldados para a Ucrânia: “Limitar-me-ei a dizer que estas teses (em preparação para a reunião de Paris) implicam que vários Estados-membros da OTAN e da UE estão considerando que eles enviarão as suas tropas para a Ucrânia numa base bilateral. Não posso dizer com que propósito e o que eles deveriam estar fazendo lá.”

Robert Fico disse que a Eslováquia, membro da OTAN e da UE, não enviaria soldados para a Ucrânia e alertou para o risco de uma escalada iminente do conflito.

Em janeiro, o líder eslovaco disse que “não havia guerra em Kiev” e descreveu a vida lá como “absolutamente normal”.


Membros da OTAN forneceram milhares de milhões de dólares em armas e munições a Kiev e estão treinando forças ucranianas, mas os líderes da OTAN, incluindo o presidente dos EUA, Joe Biden, sublinharam que a aliança militar ocidental quer evitar um conflito direto com a Rússia, o que poderia levar a uma guerra global.

Brasil

Bolsa Família e Auxílio Gás: pagamento é efetuado hoje, confira quem recebe

25.04.2024 05:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Oposição reage sobre reparação por escravidão: "traição à pátria"

Alexandre Borges Visualizar

EUA enviam mísseis de longo alcance para Ucrânia

Alexandre Borges Visualizar

Estrangeiros em protestos antissemitas podem ser deportados

Alexandre Borges Visualizar

Musk em guerra judicial por super pacote de remuneração

Alexandre Borges Visualizar

Athletico-PR vence o Danubio pela Sul-Americana e segue 100%

Visualizar

Tags relacionadas

Emannuel Macron Guerra da Ucrânia
< Notícia Anterior

São Paulo tem queda brusca de aproveitamento após título da Supercopa

26.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

“Espero que não leve política ao ofício de julgador”, diz Marco Aurélio sobre Dino

26.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Oposição reage sobre reparação por escravidão: "traição à pátria"

Oposição reage sobre reparação por escravidão: "traição à pátria"

Alexandre Borges
25.04.2024 04:50 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
EUA enviam mísseis de longo alcance para Ucrânia

EUA enviam mísseis de longo alcance para Ucrânia

Alexandre Borges
25.04.2024 04:46 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Estrangeiros em protestos antissemitas podem ser deportados

Estrangeiros em protestos antissemitas podem ser deportados

Alexandre Borges
25.04.2024 04:43 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Musk em guerra judicial por super pacote de remuneração

Musk em guerra judicial por super pacote de remuneração

Alexandre Borges
25.04.2024 04:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.