Kremlin classifica como inaceitável reação do Ocidente à morte de Alexei Navalny Kremlin classifica como inaceitável reação do Ocidente à morte de Alexei Navalny
O Antagonista

Kremlin classifica como inaceitável reação do Ocidente à morte de Alexei Navalny

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 19.02.2024 10:20 comentários
Mundo

Kremlin classifica como inaceitável reação do Ocidente à morte de Alexei Navalny

Kremlin classifica como inaceitável a reação do Ocidente à morte do ativista russo Alexei Navalny.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 19.02.2024 10:20 comentários 0
Kremlin classifica como inaceitável reação do Ocidente à morte de Alexei Navalny
Fonte: REUTERS/Evgenia Novozhenina

O Kremlin explicitou, nesta segunda-feira (19), que a reação do Ocidente à morte do político e ativista russo Alexei Navalny foi inadmissível e as declarações dos Estados Unidos e da Europa foram detestáveis, mas que isso não prejudica o presidente Vladimir Putin.

Investigação sobre a morte de Navalny ainda em andamento

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou a repórteres que considera inaceitáveis as declarações ocidentais. No entanto, destacou que “Essas declarações, é claro, não podem causar nenhum dano ao nosso chefe de Estado”. Peskov enfatizou ainda que a investigação sobre a morte de Navalny está em curso e segue as normas da lei russa.

Oposição russa perde líder carismático

A morte de Navalny, ex-advogado e líder da oposição russa, remove da cena política do país um personagem de forte carisma e bravura. Esta morte ocorre enquanto o presidente Vladimir Putin se prepara para uma eleição que o manterá no poder até, pelo menos, 2030.

Ocidente responsabiliza Putin pela morte de Navalny

O anúncio da prisão russa na sexta-feira (16) de que Navalny, aos 47 anos, faleceu após perder a consciência, foi duramente criticado pelo Ocidente e aliados de Navalny, que acusam Putin pelo ocorrido. As autoridades russas, por sua vez, defendem a imparcialidade do processo e criticam os líderes ocidentais por levantarem hipóteses prematuras sobre a morte de Navalny. A situação contribui ainda mais para o isolamento russo nas relações com o Ocidente, já bastante abaladas pela guerra na Ucrânia.

Morte de Navalny: causa ainda indeterminada

A mãe de Navalny, Lyudmila, foi informada que seu falecimento se deu pela “síndrome da morte súbita”, um termo incerto para diferentes condições cardíacas que culminam em óbito. De acordo com a equipe de Navalny, os advogados e a mãe do falecido não foram autorizados a acessar o necrotério na cidade do Ártico, perto da colônia prisional na qual o político cumpria pena. Yarmysh, porta-voz de Navalny, denuncia a falta de transparência das autoridades russas, que mantêm a causa oficial da morte como indeterminada.

O último dia de Navalny

No dia anterior à sua morte, Navalny apareceu em uma sessão de tribunal e manteve o espírito brincalhão. O ativista chegou a fazer piada com o juiz, sugerindo que o magistrado usasse parte do seu salário para quitar a dívida de Navalny. Ele cumpria pena na colônia penal IK-3, ao norte do Círculo Ártico, uma distância de 1.900 km de Moscou.

Brasil

Crusoé: "Twitter Files" mostra que TSE também censurou a esquerda

22.04.2024 22:43 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Milei anuncia 3º mês de superávit

Visualizar

Alerta em Noronha com branqueamento de corais

Visualizar

A testosterona fake de Bolsonaro

Visualizar

Corolla Cross 2025 deixa freio e aposta em design

Visualizar

Reino Unido aprova polêmica Lei de Asilo

Visualizar

Tags relacionadas

Alexei Navalny
< Notícia Anterior

Caso Lula x Israel: “O silêncio de Lira e Pacheco é uma vergonha”

19.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Prepare-se para o Concurso Público Nacional Unificado 2024: 6.640 vagas e dicas de estudo

19.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: Milei anuncia 3º mês de superávit

Crusoé: Milei anuncia 3º mês de superávit

22.04.2024 21:35 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Reino Unido aprova polêmica Lei de Asilo

Reino Unido aprova polêmica Lei de Asilo

22.04.2024 20:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Norte escala tensão com  testes de Mísseis

Coreia do Norte escala tensão com testes de Mísseis

22.04.2024 19:43 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Fifa fecha contrato bilionário

Fifa fecha contrato bilionário

22.04.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.