O Antagonista

Jornalistas que cobriam protesto são detidos na Rússia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 13:50 comentários
Mundo

Jornalistas que cobriam protesto são detidos na Rússia

Grupo de repórteres foi detido em Moscou durante manifestação organizada por mulheres de soldados que lutam na Ucrânia

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 13:50 comentários 2
Jornalistas que cobriam protesto são detidos na Rússia
Reprodução/ Redes Sociais

A polícia russa deteve ao menos 20 jornalistas durante um protesto neste sábado, 3, em Moscou. A manifestação foi organizada por mulheres de soldados mobilizados para lutar na Ucrânia.

O grupo de repórteres foi detido fora da Praça Vermelha enquanto cobriam e filmavam as mulheres, que exigiam o retorno de seus maridos para casa.

Um cinegrafista da AFP detido durante a mobilização afirmou que cerca de 20 a 25 profissionais da imprensa, incluindo repórteres estrangeiros, estavam com ele a caminho da delegacia. Eles já foram liberados.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram a polícia levando os repórteres com coletes amarelos para vans da polícia. Uma transmissão ao vivo publicada pelo grupo de mulheres mostra participantes caminhando juntas pelo centro de Moscou.

As esposas dos homens mobilizados para lutar na Ucrânia têm realizado protestos fora dos muros do Kremlin todos os fins de semana. Embora Moscou tenha reprimindo fortemente a oposição em todo o país, o movimento das mulheres tem permanecido impune até agora.

Esposas de soldados russos desafiam Putin

O ativismo das mulheres dos soldados é ignorado pelos meios de comunicação estatais russos. Em 20 de janeiro, a esposa de um soldado desafiou Vladimir Putin na sede da campanha eleitoral do autocrata.

“Há um decreto de Vladimir Vladimirovich Putin que diz que meu marido deve estar lá, na Ucrânia. Estou interessada em saber quando ele emitirá um decreto que meu marido deve estar em casa”, disse Maria Andreyeva.

Esportes

Craque Neto detona responsável pela eliminação do Corinthians: "maior culpado"

04.03.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Vasco acerta contratação do atacante Clayton Silva, de Portugal

Visualizar

Cuca concede primeira entrevista oficial como técnico do Athletico

Visualizar

Rafael Cardoso pede desculpas em caso de agressão contra idoso

Visualizar

Os brasileiros sabem da roubalheira

Visualizar

Amigo de Robinho é multado por tumultuar andamento do processo

Visualizar

< Notícia Anterior

Casal é preso por homicídio e sequestro de bebê em Sapucaia do Sul

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Casal é capturado após furtar mesma loja duas vezes em Santa Bárbara d'Oeste, SP

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

Nelson Pereira Cacheta

2024-02-04 09:44:19

Poucos homens restarão após esta inconsequente guerra. Isto é que é um homencida.


Antônio Carcos Zamith Junior

2024-02-03 17:49:41

Máfia pt e bolsonaro apoiam Hitler do Kremlin. Fascista como Trump, orban, xiitas do Irã, neinazista Mariene legendas e outros


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

04.03.2024 20:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

04.03.2024 20:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

04.03.2024 20:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
ONU diz que China violou direitos humanos

ONU diz que China violou direitos humanos

04.03.2024 19:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.