O Antagonista

Houthi retalia EUA e gera ainda mais crise no Mar Vermelho

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 01.02.2024 20:09 comentários
Mundo

Houthi retalia EUA e gera ainda mais crise no Mar Vermelho

Descubra as últimas atualizações sobre o ataque Houthi no Yemen e o impacto na tensão marítima na região do Mar Vermelho.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 01.02.2024 20:09 comentários 1
Houthi retalia EUA e gera ainda mais crise no Mar Vermelho
Fonte: Divulgação

Mais uma vez, o Yemen vê-se no epicentro de uma tensão marítima. O movimento Houthi no Yemen reivindicou recentemente o ataque a um navio mercante dos Estados Unidos, denominado KOI. No entanto, duas fontes marítimas informaram à BBC Verify que a alegação do Houthi é falsa.

A empresa de segurança Ambrey revelou que uma embarcação ao sul do Yemen relatou uma explosão no seu estibordo, embora não tenha identificado o navio. Enquanto isso, novos ataques aéreos foram lançados pelos EUA no Yemen, deixando em alerta dez drones que estavam alegadamente sendo preparados para o lançamento.

O KOI é um navio porta-contêineres com bandeira da Libéria, operado pela empresa britânica Oceonix Services. A frota da mesma companhia inclui o petroleiro Marlin Luanda, que foi danificado por um míssil no último sábado.

Os Houthis consideram todas as embarcações israelenses, norte-americanas e britânicas como alvos legítimos, após a guerra de Israel contra o Hamas em Gaza e os alvos norte-americanos e britânicos nas posições de mísseis Houthi.

O porta-voz militar Houthi, Yahya Sarea, alegou que suas forças armadas atacaram o navio mercante americano KOI com “vários mísseis navais apropriados”. No entanto, a Trade Winds, publicação do setor, afirmou que a alegação era “falsa” e, na verdade, um dos membros da tripulação foi retirado do navio em uma evacuação médica.

A UK Maritime Trade Operations (UKMTO), que normalmente envia alertas quando tais ataques ocorrem, ainda não se manifestou.

O perigo das águas incomuns: Guerra no Mar Vermelho?

O Comando Central dos EUA revelou que os 10 drones que estavam sendo preparados para lançamento no Yemen representavam uma ameaça para os navios mercantes e os navios de guerra dos EUA na região. Todos os dez foram destruídos, juntamente com uma estação de controle terrestre de drones Houthi.

Os ataques Houthi no transporte marítimo no Mar Vermelho têm desacelerado o comércio internacional, alimentando o medo de gargalos no fornecimento.

Em 7 de outubro, centenas de atiradores palestinos de Gaza infiltraram-se no sul de Israel, onde mataram cerca de 1.300 pessoas – a maioria civis – e sequestraram outros 250. Israel respondeu lançando uma campanha militar em Gaza, durante a qual mais de 26.900 pessoas foram mortas.

O HMS Diamond, navio de guerra britânico, consegue derrubar um drone Houthi no Mar Vermelho.

Brasil

TSE define regras para uso da inteligência artificial nas eleições

26.02.2024 15:02 3 minutos de leitura
Visualizar

Grêmio confirma jogo da estreia de Diego Costa

Visualizar

Lula resolveu calar sobre Bolsonaro

Visualizar

“Espero que não leve política para o ofício de julgador”, diz Marco Aurélio, sobre Dino

Visualizar

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Visualizar

São Paulo tem queda brusca de aproveitamento após título da Supercopa

Visualizar

Tags relacionadas

Houthi houthis Mar Vermelho
< Notícia Anterior

Veja como fazer o Calendário Financeiro da sua empresa para 2024

01.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Virou passeio: Léo Pinheiro também quer suspender multa de acordo com Lava Jato

01.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Sergio Cominatto

2024-02-01 22:55:12

Que texto mal escrito.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

26.02.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

26.02.2024 13:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

26.02.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

26.02.2024 12:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.