O Antagonista

EUA ameaçam China: “Apoio a Moscou terá consequências”

avatar
Redação O Antagonista
1 minuto de leitura 14.03.2022 16:31 comentários
Mundo

EUA ameaçam China: “Apoio a Moscou terá consequências”

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan (foto), afirmou hoje, após reunião na Itália com o chefe da diplomacia do Partido Comunista Chinês, Yang Jiechi, "que qualquer tipo de apoio" de Pequim a Moscou, seja militar ou econômico, "terá consequências"...

avatar
Redação O Antagonista
1 minuto de leitura 14.03.2022 16:31 comentários 0
EUA ameaçam China: “Apoio a Moscou terá consequências”
Foto: Erin Scott/The White House

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan (foto), afirmou hoje, após reunião na Itália com o chefe da diplomacia do Partido Comunista Chinês, Yang Jiechi, “que qualquer tipo de apoio” de Pequim a Moscou, seja militar ou econômico, “terá consequências”. A declaração indica que as manifestações da China durante o encontro, que durou mais de 4 horas, desagradaram Sullivan.

Washington apoia a Ucrânia e rechaça a invasão russa, enquanto Pequim, aliada de Moscou, busca neutralidade sem confrontar Vladimir Putin. Em comunicado oficial, a Casa Branca informou que os representantes dos dois países tiveram “uma discussão substancial sobre a guerra da Rússia contra a Ucrânia”. A nota ainda diz que Sullivan e Jiechi “ressaltaram a importância de manter abertas as linhas de comunicação entre os Estados Unidos e a China”.

Ontem, o Financial Times noticiou que a Rússia pediu à China equipamentos militares para apoiar sua invasão da Ucrânia. A solicitação provocou preocupação na Casa Branca de que Pequim possa minar os esforços ocidentais para ajudar as forças ucranianas a defender seu país.

Mais Lidas

1

Ministro do TCU rejeita pedido para suspender socorro bilionário aos irmãos Batista

Visualizar notícia
2

O que esperar de Trump após o atentado?

Visualizar notícia
3

Áudio: Bolsonaro se ofereceu para falar com chefe da Receita sobre Flávio

Visualizar notícia
4

Moraes libera áudio de Bolsonaro em reunião gravada por Ramagem

Visualizar notícia
5

Crusoé: os sinais que J.D. Vance, vice de Trump, dá para a Rússia

Visualizar notícia
6

A reação "imbecil" de Janones ao atentado a Trump

Visualizar notícia
7

Secretário de saúde do Reino Unido contraria ativistas trans

Visualizar notícia
8

Trump escapou por um triz

Visualizar notícia
9

Bolsonaro relativizou "tráfico de influência" em reunião sobre blindar Flávio

Visualizar notícia
10

Trump escolhe vice pró-Putin

Visualizar notícia

Tags relacionadas

China Estados Unidos EUA guerra na Ucrânia Jake Sullivan Rússia Ucrânia
< Notícia Anterior

A nova Guerra Fria

14.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Deputado denuncia Netflix à PF por alusão à pedofilia em filme de Danilo Gentili

14.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A tentativa de assassinato mudou o tom da imprensa sobre Trump?

A tentativa de assassinato mudou o tom da imprensa sobre Trump?

Alexandre Borges
16.07.2024 05:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ondas de calor extremo nos Estados Unidos: Um mês de recordes e alertas

Ondas de calor extremo nos Estados Unidos: Um mês de recordes e alertas

15.07.2024 21:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente do Peru que foi condenado pretende se candidatar

Presidente do Peru que foi condenado pretende se candidatar

15.07.2024 20:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boeing corre para cumprir acordo judicial com famílias afetadas

Boeing corre para cumprir acordo judicial com famílias afetadas

15.07.2024 20:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.