Enchentes na Indonésia deixam mais de 50 mortos Enchentes na Indonésia deixam mais de 50 mortos
O Antagonista

Enchentes na Indonésia deixam mais de 50 mortos

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 14.05.2024 18:46 comentários
Mundo

Enchentes na Indonésia deixam mais de 50 mortos

Inundações na Indonésia deixam 52 mortos. Chuvas severas causam desastres e deslocamentos maciços.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 14.05.2024 18:46 comentários 0
Enchentes na Indonésia deixam mais de 50 mortos
Fonte: Rezan Soleh/AFP

Na província de Sumatra Ocidental, na Indonésia, uma série de inundações e deslizamentos causados por chuvas torrenciais deixou um saldo trágico de 52 mortos, enquanto mais de 3.000 pessoas foram deslocadas de seus lares, uma situação que eleva a urgência por medidas imediatas para garantir a segurança e o bem-estar dos afetados.

O que causou as inundações devastadoras na Sumatra Ocidental?

No último sábado, chuvas intensas provocaram mais do que simples alagamentos. O cenário foi de completa destruição com deslizamentos de terra e enxurradas em três diferentes distritos. Este evento extremo foi exacerbado pela presença do lahar, uma corrente violenta que combina lama de cinzas vulcânicas, detritos de rochas e água, vinda diretamente do Monte Marapi, conhecido por sua intensa atividade vulcânica.

Esse cenário alarmante não somente ilustra as consequências desses fenômenos naturais mas também reflete as condições climáticas extremas que podem se agravar com as mudanças globais no clima. O impacto foi tão severo que muitas das principais vias e infraestruturas foram severemente afetadas, trazendo desafios adicionais para o já complicado trabalho de resgate e apoio às vítimas do desastre.

Como estão os esforços de busca e assistência às vítimas?

De acordo com Ilham Wahab, porta-voz da agência de desastres de Sumatra Ocidental, ao menos 45 das 52 vítimas já foram identificadas, e esforços contínuos estão sendo realizados no sentido de localizar os 17 desaparecidos. Enquanto isso, entidades locais como socorristas, polícia e Exército desempenham papel crucial nas buscas.

Além do resgate das pessoas desaparecidas, uma das principais preocupações neste momento é a limpeza e recuperação das áreas mais afetadas. Nas palavras de Wahab, “estamos focados em limpar as estradas da lama, troncos e pedras grandes trazidas pelas inundações”.

Qual o status atual da região e o que esperar para os próximos dias?

Embora o nível das inundações tenha recuado desde domingo, o chefe da agência nacional de desastres e gestão, Suharyanto, alerta que a região ainda está longe de recuperar a normalidade. A agência tem trabalhado arduamente para fornecer os recursos essenciais à população atingida, incluindo tendas, comida, e suprimentos médicos, apesar das dificuldades logísticas causadas pelas estradas danificadas.

Dwikorita Karnawati, chefe da agência de meteorologia da Indonésia, reforça a necessidade de vigilância, apontando que “chuvas fortes ainda são esperadas até a próxima semana”, elevando o risco de mais inundações e deslizamentos até pelo menos 17-22 de maio. Esta previsão exige uma atenção redobrada das autoridades e da população para evitar que a tragédia se agrave.

A comunidade internacional segue atenta à situação, pronta para oferecer suporte adicional necessário para que a região supere este momento crítico e comece o processo de reconstrução e normalização da vida de seus habitantes. A solidariedade se faz essencial em tempos de crise como este, e o apoio contínuo será crucial para a recuperação da Sumatra Ocidental.

Brasil

Moraes decreta prisão preventiva de réu do 8/1 porque outros fugiram

23.05.2024 15:14 3 minutos de leitura
Visualizar

Seif é flagrado em jantar de ministros e ex-integrantes do TSE

Wilson Lima Visualizar

Senado aprova PL que cria espaço para comunidade LGBTQIA+ nos presídios

Visualizar

Um dos epicentros da tragédia no RS é alvo de disputa entre Lula e Bolsonaro

Visualizar

Lula sinaliza veto ao fim da isenção das blusinhas da Shein

Wesley Oliveira Visualizar

Sasha Meneghel lança sua própria marca de roupas: Mondepars

Visualizar

Tags relacionadas

Indonésia
< Notícia Anterior

Venezuela estaria aumentando presença militar na fronteira com Guiana

14.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Tragédia no RS: sobe para 149 o número de mortos

14.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A carta da irmã de uma refém do Hamas após o vídeo do sequestro

A carta da irmã de uma refém do Hamas após o vídeo do sequestro

Felipe Moura Brasil
23.05.2024 13:50 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Taylor Swift faz Governo dos EUA abrir processo contra a Live Nation

Taylor Swift faz Governo dos EUA abrir processo contra a Live Nation

23.05.2024 12:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Mileipalooza

Crusoé: Mileipalooza

23.05.2024 12:09 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Obra de Bacon de €5 Milhões roubada em Madrid é recuperada

Obra de Bacon de €5 Milhões roubada em Madrid é recuperada

23.05.2024 10:53 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.