El Salvador desafia gangues com força militar El Salvador desafia gangues com força militar
O Antagonista

El Salvador desafia gangues com força militar

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.03.2024 09:27 comentários
Mundo

El Salvador desafia gangues com força militar

El Salvador despliega 5 mil soldados contra gangues, com Nayib Bukele liderando a luta e oferecendo ajuda ao Haiti.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.03.2024 09:27 comentários 0
El Salvador desafia gangues com força militar
Fonte: REUTERS/Jose Cabezas

Em uma medida drástica contra a criminalidade, o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, anunciou neste domingo a mobilização de um verdadeiro exército contra as gangues que atormentam o país. A estratégia envolve o desdobramento de 5 mil soldados e policiais em quatro distritos do norte, visando desmantelar as ações criminosas de uma vez por todas.

Qual é o plano de Bukele contra as gangues?

Após recentes homicídios no norte do país, atribuídos à nefasta gangue 18 Sureños, o governo salvadorenho não poupou esforços para capturar os culpados. Mas o plano de Bukele vai além da reação rápida. O cerco de segurança abrangerá os bairros de San José Cancasque, San Antonio Los Ranchos, Potonico e San Isidro Labrador, numa clara demonstração de força e comprometimento com a segurança pública.

Uma política de segurança controversa?

O presidente Bukele, frequentemente descrito como “o ditador mais legal do mundo” por sua audaciosa guerra contra as gangues, não é estranho à controvérsia. Enquanto sua política de segurança recebe louvores por parte da população salvadorenha por reduzir o crime, ela também atrai críticas. Organizações internacionais, como a Anistia Internacional e a Human Rights Watch, denunciam supostas violações dos direitos humanos sob o manto do estado de emergência implementado por Bukele.

Bukele e o Haiti: uma mão amiga?

O dinamismo de Bukele em lidar com questões de segurança não se limita às fronteiras de seu país. Recentemente, ele afirmou que El Salvador poderia resolver a crise de violência no Haiti, condicionando seu apoio a uma resolução do Conselho de Segurança da ONU e ao consentimento do país anfitrião. Essa disposição mostra o reconhecimento internacional de El Salvador na luta contra o crime organizado e o interesse de Bukele em exportar seu modelo de segurança.

Comunidade internacional observa

Enquanto El Salvador toma medidas drásticas no próprio território, a reunião da Caricom indica um interesse coletivo na estabilidade do Haiti. Com a presença de figuras internacionais e a experiência de El Salvador, surgem esperanças de uma colaboração eficaz para enfrentar a violência que assola o país caribenho.

Mundo

Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

22.04.2024 13:51 6 minutos de leitura
Visualizar

Brasil vai passar por nova onda de calor

Visualizar

Polícia Federal desarticula rede de tráfico no Porto de Paranaguá

Visualizar

Onde assistir Milan x Inter de Milão: confira detalhes da partida

Visualizar

Lula instrui Haddad a ler menos e falar mais com o Congresso

Visualizar

A rachadinha do PCC no gabinete de um vereador

Visualizar

Tags relacionadas

El Salvador força militar gangues Haiti
< Notícia Anterior

Os encontros de Ronnie Lessa com os irmãos Brazão

25.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

CEO da Nvidia causa fúria woke em Stanford

25.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

Atos em Columbia: uivo contra a civilização e atração pela barbárie

22.04.2024 13:51 6 minutos de leitura
Visualizar notícia
OIT alerta: está muito quente no seu trabalho

OIT alerta: está muito quente no seu trabalho

22.04.2024 12:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Doping na natação: Escândalo envolvendo nadadores chineses

Doping na natação: Escândalo envolvendo nadadores chineses

22.04.2024 12:18 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Mais um presidente de Câmara dos EUA na mira

Crusoé: Mais um presidente de Câmara dos EUA na mira

22.04.2024 12:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.