O Antagonista

Ditadura de Maduro inicia processo para agendar eleição

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 21:20 comentários
Mundo

Ditadura de Maduro inicia processo para agendar eleição

Projeto deve ser entregue ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE), a autoridade eleitoral aparelhada pelo regime de Nicolás Maduro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 21:20 comentários 1
Ditadura de Maduro inicia processo para agendar eleição
Foto: Reprodução/X

A Assembleia Nacional da Venezuela, dominado pelo regime de Nicolás Maduro, iniciou o processo de consulta a autoridades da regime e à oposição nesta segunda-feira, 5 de fevereiro, para agendar a data das eleições presidenciais, que devem ser fraudadas.

Ao final desse processo, o projeto deve ser entregue ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE), a autoridade que tem a competência para convocar eleições e que também está aparelhada pelo chavismo.

Sanções

O processo de agendamento se dá poucos dias após a imposição, em 29 de janeiro, de novas sanções ao setor de petróleo e gás da Venezuela pelos Estados Unidos.

Essas sanções foram uma resposta à decisão da Suprema Corte de Caracas de tornar a principal candidata da oposição ao regime Maduro, a ex-deputada María Corina Machado, inelegível por 15 anos.

Previsões da oposição

Setores dissidentes da oposição a Maduro acreditam que as eleições devem ocorrer entre maio e setembro.

A Ação Democrática, um dos partidos da oposição, por exemplo, propôs o dia 5 de julho, aniversário da independência da Venezuela, como data para a realização do pleito.

María Corina, no entanto, recusou-se a participar da consulta iniciada pelo Parlamento, classificando-a como uma “manobra” para uma “via eleitoral fraudulenta”.

Acordo sem valor

Em outubro, o regime de Maduro e a oposição assinaram um acordo estipulando que as eleições ocorreriam no segundo semestre deste ano, com a presença de monitoramento e observadores internacionais.

Contudo, as recentes prisões de opositores e a decisão do Supremo contra María Corina levaram os EUA a restaurar suas sanções.

Esportes

Alexandre Pato fala sobre os bastidores da sua saída do São Paulo

28.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Tags relacionadas

Venezuela
< Notícia Anterior

Flamengo regulariza Viña, mas reforço não estreia contra o Botafogo

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Recopa 2024: definida as cores dos uniformes de Fluminense e LDU

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Carlos Alberto Bolsoni

2024-02-06 01:15:13

Serão eleições limpas, garante Lula, o grande aliado da ditadura de Chavez e Maduro.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

28.02.2024 20:14 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

28.02.2024 19:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

28.02.2024 19:21 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

28.02.2024 18:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.