O Antagonista

Dianne Feinstein, a senadora mais velha dos EUA, morre aos 90 anos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.09.2023 10:38 comentários
Mundo

Dianne Feinstein, a senadora mais velha dos EUA, morre aos 90 anos

A senadora norte-americana Dianne Feinstein (foto), democrata centrista do estado da Califórnia, faleceu nesta quinta-feira (28) aos 90 anos...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.09.2023 10:38 comentários 0
Dianne Feinstein, a senadora mais velha dos EUA, morre aos 90 anos
Foto: Benjamin Dunn/Wikimedia Commons

A senadora norte-americana Dianne Feinstein (foto), democrata centrista do estado da Califórnia, faleceu nesta quinta-feira (28) aos 90 anos.

Com uma carreira política que se estendeu por cinco décadas, ela era a senadora mais velha dos Estados Unidos, à frente apenas do republicano Chuck Grassley, de 89 anos.

Feinstein entrou para a história como a primeira mulher presidente do Conselho de Supervisores de São Francisco em 1978, ano em que o prefeito George Moscone e o supervisor Harvey Milk foram assassinados. Após a morte de Moscone, ela se tornou a primeira mulher prefeita de São Francisco. No Senado, Feinstein também foi pioneira como uma das duas primeiras senadoras da Califórnia, a primeira mulher a liderar o Comitê de Inteligência do Senado e a primeira mulher a servir como principal democrata do Comitê Judiciário.

A democrata deixou um legado marcado pela defesa das prioridades liberais de seu estado, como a proteção ambiental, os direitos reprodutivos e o controle de armas.

Uma das realizações legislativas mais significativas de Feinstein ocorreu no início de sua carreira, quando ela conseguiu aprovar uma emenda para proibir a fabricação e venda de certos tipos de armas de assalto. Essa vitória ocorreu em 1994 como parte de um projeto de lei criminal sancionado pelo presidente Bill Clinton. Embora a proibição tenha expirado após 10 anos e nunca tenha sido renovada, ela se destacou como uma defensora do controle de armas ao longo de sua carreira.

Dianne Feinstein também teve um papel importante na supervisão das atividades de inteligência dos Estados Unidos. Como presidente do Comitê de Inteligência do Senado, liderou investigações sobre as técnicas de interrogatório da CIA durante a administração de George W. Bush. Essa investigação resultou em um relatório abrangente que concluiu que o afogamento simulado e outras “técnicas aprimoradas de interrogatório” não forneceram provas importantes na luta contra o terrorismo.

Mais Lidas

1

MBL na mira da PF

Visualizar notícia
2

Nem o Nordeste está a fim de Lula

Visualizar notícia
3

Maduro adere à narrativa bolsonarista sobre urnas brasileiras

Visualizar notícia
4

Tubarões testam positivo para cocaína no Rio

Visualizar notícia
5

Até o Black Lives Matter criticou escolha de Kamala Harris: "Partido de hipócritas"

Visualizar notícia
6

Apoio de Lula tira votos de Paes, indica pesquisa

Visualizar notícia
7

Bem feito para Lula

Visualizar notícia
8

A maior preocupação de Tarcísio com o PCC

Visualizar notícia
9

“Governo federal é amigo de narcopresidentes”, diz secretário de Justiça de MG

Visualizar notícia
10

Aécio e Perillo tentam convencer Datena a não ‘datenar’

Visualizar notícia

Assine nossa newsletter

Inscreva-se e receba o conteúdo do O Antagonista em primeira mão!

Tags relacionadas

EUA Senado dos EUA
< Notícia Anterior

Setor público tem déficit de R$ 79 bi, o pior desde 2003

29.09.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Crusoé: “Em busca de um Carluxo”

29.09.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: a batalha dos slogans na eleição americana

Crusoé: a batalha dos slogans na eleição americana

24.07.2024 15:17 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atirador de Trump fez pesquisa na internet sobre assassinato de JFK

Atirador de Trump fez pesquisa na internet sobre assassinato de JFK

24.07.2024 14:54 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
As ameaças de Maduro

As ameaças de Maduro

24.07.2024 13:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Disneyland evita greve com novo acordo trabalhista

Disneyland evita greve com novo acordo trabalhista

24.07.2024 13:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.