O Antagonista

Desinformação Chinesa: guerra civil no Texas ou crise de imigração agravada?

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 02.02.2024 19:57 comentários
Mundo

Desinformação Chinesa: guerra civil no Texas ou crise de imigração agravada?

A mídia chinesa apresenta dados sobre a crise de imigração no Texas como 'estado de guerra' contra os EUA.

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 02.02.2024 19:57 comentários 0
Desinformação Chinesa: guerra civil no Texas ou crise de imigração agravada?
Fonte: Divulgação

No meio do agravamento do impasse de fronteira entre o Texas e a Casa Branca sobre a imigração ilegal, espalhou-se na China a desinformação de que o estado Lone Star teria oficialmente declarado guerra para se separar dos EUA.

Os meios de comunicação chineses populares têm sugerido que os eventos no Texas levaram a divisões profundas nos EUA, ampliando-se ao ponto em que a agitação se tornou uma realidade concreta.

Mais de 6,3 milhões de migrantes atravessaram ilegalmente para os EUA desde o início de 2021 – recordes que intensificaram um impasse entre o presidente Joe Biden e o governador do Texas, Greg Abbott. Como parte de sua Operação Lone Star, o Sr. Abbott tem procurado bloquear ou desencorajar a entrada em seu estado, inclusive instalando cerca de 48 km de barreiras de arame farpado ao longo da cidade de Eagle Pass.

Desinformação nas redes sociais chinesas

As postagens de tendências nas redes sociais na China alegam que o Sr. Abbott estaria se preparando para ir à guerra com as autoridades federais dos EUA. As postagens com a hashtag #TexasDeclaresAStateOfWar foram visualizadas e compartilhadas milhares de vezes na popular rede social Sina Weibo. Alguns posts foram de um usuário com milhões de seguidores.

De acordo com Wenhao, jornalista da Voz da América que se especializa em desinformação online chinesa, relatou que a “maior notícia relacionada aos EUA na internet da China nos últimos dias é o governador do Texas declarando guerra ao governo federal, o que não aconteceu na realidade”.

A reação do Weibo

Weibo parece ter tomado medidas para limitar esse conteúdo. Uma busca por postagens com a hashtag #TexasDeclaresAStateOfWar agora mostra uma isenção de responsabilidade, que diz: “De acordo com leis, regulamentos e polícias relevantes, o conteúdo sobre este tópico não pode ser exibido.” No entanto, muitas postagens ainda podem ser encontradas na popular plataforma, que tem mais de 600 milhões de usuários ativos por mês.

Falha nas verificações de fatos

Como a censura dificulta a verificação de fatos pelos usuários chineses, isso fez com que muitos usuários do Weibo tivessem a impressão de que o estado está em guerra. Alguns sugeriram que o Texas poderia ver uma situação semelhante à da Ucrânia – que está em guerra com a Rússia – observando que as duas regiões têm uma massa terrestre semelhante.

A mensagem da mídia fez com que a ideia de uma guerra civil fosse mais crível, pois os veículos de mídia estatais chineses têm sugerido regularmente que as divisões políticas nos EUA agora estão tão polarizadas que o país chegou à beira do conflito interno.

O termo “guerra civil” tem sido usado repetidamente em jornais chineses desde a revolta do Capitol Hill em janeiro de 2021. Embora a mídia estrangeira seja amplamente bloqueada na China, o conteúdo da mídia estrangeira costuma ser escolhido para provocar sugestões de divisões internas dos EUA.

Considerações finais

A manipulação da informação e a difusão de fake news são estratégias constantemente empregadas nas disputas geopolíticas. Neste cenário atual entre EUA e China, a disseminação de informações falsas na China sobre a situação política interna do Texas é uma amostra disto.

A utilização de uma guerra civil nos EUA como desinformação pode ser uma estratégia de resposta do governo chinês às críticas constantes que a China recebe dos governos ocidentais acerca da situação de direitos humanos em Xinjiang, Hong Kong e Taiwan.

Esportes

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

25.02.2024 22:27 2 minutos de leitura
Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Visualizar

Tite comenta caso de Daniel Alves

Visualizar

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Visualizar

Tags relacionadas

China Texas
< Notícia Anterior

Crusoé: Toffoli não perdoa desempregado que furtou garrafa de 100 reais

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso público para prefeitura de Santo Antônio da Alegria (SP)

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Cromossomo Y Está desaparecendo

Cromossomo Y Está desaparecendo

25.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

25.02.2024 21:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

25.02.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O resurgimento do Lago Manly no deserto do vale da morte

O resurgimento do Lago Manly no deserto do vale da morte

25.02.2024 20:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.