O Antagonista

Cuba se declara em “Estado de Guerra Econômica”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.07.2024 10:31 comentários
Mundo

Cuba se declara em “Estado de Guerra Econômica”

A surpreendente revelação do governo cubano de medidas drásticas para controlar a crise econômica agrava a sensação de urgência

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.07.2024 10:31 comentários 0
Cuba se declara em “Estado de Guerra Econômica”
Foto: Natalie Maynor

Em uma recente declaração noturna, o governo de Cuba revelou planos para intensificar o controle de preços e direcionar esforços adicionais à luta contra a evasão fiscal. Essas medidas emergem enquanto o país lida com um crescente déficit fiscal e uma inflação que persiste em desestabilizar a economia nacional.

O Conselho de Ministros, órgão executivo supremo da nação, discutiu alinhar o orçamento e as projeções para 2024 às necessidades de uma “economia de tempo de guerra”. Esta abordagem foi divulgada em um resumo pela mídia estatal após a reunião, destilando um sentido de urgência e compromisso diante da crise econômica.

O que significa uma “economia de tempo de guerra” para Cuba?

Para o líder Miguel Díaz-Canel, o momento é de “salvar a Revolução Cubana e o socialismo”. Esta declaração sublinha a gravidade da crise econômica que Cuba enfrenta – uma realidade agravada por um conjunto de adversidades, incluindo os impactos posteriores à pandemia da Covid-19, sanções econômicas intensificadas pelos EUA, e um sistema de negócios estatal que sofre com ineficiências e corrupção.

Desafios e Perspectivas Futuras para Cuba

A recente destituição de Alejandro Gil, ex-ministro da Economia, por acusações de corrupção faz parte de um movimento maior de reforma que Díaz-Canel acredita ser essencial para enfrentar e superar os problemas econômicos que se intensificaram nos últimos anos. Apesar da falta de detalhes e número expressos sobre as medidas, o relatório apresentado traz uma perspectiva sombria sobre a situação econômica do país.

O grande desafio para Cuba será implementar essas estratégias de forma eficaz e em tempo hábil para evitar um agravamento da crise. Com a situação descrita como uma das piores desde a revolução de 1959, comandada por Fidel Castro, o país enfrenta agora a necessidade de adaptação e resiliência, na esperança de recuperar sua estabilidade econômica e afiançar uma trajetória de recuperação e crescimento sustentável.

Mais Lidas

1

"O melhor antídoto para a ideologia 'woke' é conhecer a verdade"

Visualizar notícia
2

Biden desiste da campanha à presidência dos EUA

Visualizar notícia
3

Lula aplaudirá banho de sangue prometido por Maduro, diz Mourão

Visualizar notícia
4

Crusoé: Os crimes da areia

Visualizar notícia
5

Memes de Haddad atacam coração da política econômica petista

Visualizar notícia
6

Israel intercepta míssil lançado pelos Houthis no Iêmen

Visualizar notícia
7

Bolsonaro teve 6 encontros com suposto informante da Receita

Visualizar notícia
8

Lulopetismo faz do Brasil um anão diplomático cada vez menor

Visualizar notícia
9

Crescem indícios de que chefe militar do Hamas foi morto, dizem FDI

Visualizar notícia
10

Campanha de Trump já se prepara para Kamala Harris

Visualizar notícia

Tags relacionadas

crise Cuba guerra econômica
< Notícia Anterior

Governo Lula abre o caixa das emendas antes do período eleitoral

01.07.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Plantão do STF no recesso judiciário terá cinco ministros

01.07.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Kamala Harris se põe à disposição de concorrer no lugar de Biden

Kamala Harris se põe à disposição de concorrer no lugar de Biden

21.07.2024 17:34 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Enorme nuvem de poeira atravessa o Atlântico e atinge a Flórida

Enorme nuvem de poeira atravessa o Atlântico e atinge a Flórida

21.07.2024 17:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Obama, sobre desistência de Biden: “Prova de amor pelo país”

Obama, sobre desistência de Biden: “Prova de amor pelo país”

21.07.2024 17:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: o momento Lyndon Johnson de Joe Biden

Crusoé: o momento Lyndon Johnson de Joe Biden

21.07.2024 16:55 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.