O Antagonista

Crusoé: Gustavo Petro rompe relações diplomáticas com Israel

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.05.2024 17:31 comentários
Mundo

Crusoé: Gustavo Petro rompe relações diplomáticas com Israel

No ano passado, Petro disparou uma sucessão de frases desconexas e perigosas: Já estive em Auschwitz e agora vejo isso copiado em Gaza”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.05.2024 17:31 comentários 0
Crusoé: Gustavo Petro rompe relações diplomáticas com Israel
Foto: Presidência de Colombia via Wikimedia Commons

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro (foto), anunciou em um ato neste 1º de Maio o rompimento das relações diplomáticas com Israel.

O presidente da República informa que amanhã serão rompidas as relações diplomáticas com o Estado de Israel, por ter um governo, por ter um presidente genocida”, disse Petro, provavelmente referindo-se ao primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

Acredito que hoje toda a humanidade nas ruas, aos milhões, concorda conosco e nós com eles. Não pode ser, não pode voltar, não podem chegar os tempos do genocídio, do extermínio de um povo inteiro diante dos nossos olhos, diante da nossa passividade. Se a Palestina morrer, a humanidade morre, e não vamos deixá-la morrer”, disse o colombiano.

Petro já deu declarações ainda piores que as do presidente Lula, que em um evento na Etiópia afirmou que “o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino não existiu em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu. Quando Hitler resolveu matar os judeus”.

No ano passado, Petro disparou uma sucessão de frases desconexas e perigosas: “Algum dia, o Exército e o governo de Israel nos pedirão perdão pelo que fizeram seus homens em nossa terra desatando o genocídio. Eu me abraçarei com eles e elas ou chorarei pelo homicídio de Auschwitz e de Gaza, e pelo Auschwitz colombiano (…). Hitler será derrotado pelo bem da humanidade, sua democracia, a paz e a liberdade do mundo (…) Já estive no campo de concentração de Auschwitz e agora vejo isso copiado em Gaza”.

Em fevereiro deste ano, Petro disse que seu país suspenderia a compra de armas de Israel por causa do “genocídio que faz lembrar o Holocausto“.

Reação israelense

O ministro…

Leia mais em Crusoé

Mais Lidas

1

"Lula segue caminho de declínio", diz Economist

Visualizar notícia
2

De tanto patrulhar humorista, esquerda não consegue mais se defender dos memes

Visualizar notícia
3

Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

Visualizar notícia
4

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

Visualizar notícia
5

O apagão mundial explicado

Visualizar notícia
6

Como assessor de Lula traduz ameaças de Maduro

Visualizar notícia
7

Crusoé: Lula e a autodeterminação dos ditadores amigos

Visualizar notícia
8

O circo da eleição americana

Visualizar notícia
9

Brasileira em Israel fala de ataque a Tel Aviv

Visualizar notícia
10

Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Colômbia Gustavo Petro Israel
< Notícia Anterior

Pedro Lourenço sobre reforços para o Cruzeiro: "trazer acima do orçamento"

01.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Afinal, quanto Textor investiu no Botafogo?

01.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

19.07.2024 22:13 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

19.07.2024 21:24 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Apagão cibernética cancela mais de 4 mil voos ao redor do mundo

Apagão cibernética cancela mais de 4 mil voos ao redor do mundo

19.07.2024 21:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

19.07.2024 19:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.