O Antagonista

Crusoé: E se fosse Michelle Obama?

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 13.02.2024 07:28 comentários
Mundo

Crusoé: E se fosse Michelle Obama?

Pesquisa para a presidência dos EUA resolveu testar outros nomes. Michelle Obama não quis concorrer - mas não se sairia nada mal

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 13.02.2024 07:28 comentários 3
Crusoé: E se fosse Michelle Obama?
Foto: Pete Souza / White House via Flickr

A ex-primeira-dama Michelle Obama (foto) nunca se posicionou publicamente sobre uma possível carreira política. Enquanto seu marido, Barack Obama, era senador por Illinois e, depois, o 44º presidente dos Estados Unidos, ela jamais ocupou cargos — sua vida pública ficou marcada por uma postura social, guarda-roupa impecável e como a grande inspiração de três décadas do seu marido.

Mesmo assim, o seu nome ainda é fruto de curiosidade sobre uma possível candidatura à presidência. Nesta semana, houve o primeiro sinal: em uma pesquisa da consultoria AtlasIntel, ela tem 41,6% das intenções de voto, ante 39% de Donald Trump, o virtual candidato republicano ano cargo.

É o único cenário testado com Michelle. Nos outros, com Joe Biden, os resultados são mistos: contra Nikki Haley, a última a ainda apresentar resistência a Trump, seria uma vitória fácil por 18 pontos percentuais; contra Trump, no entanto, o democrata ainda aparece atrás, 43,9% ante 42,6% para o atual presidente.

Mais jovem

Michelle teria uma série de atributos que são bem vistos pelos democratas: além da associação com o seu marido, a sua jovialidade com pautas ligadas à sociedade deixaram uma boa memória no eleitorado americano. Ela não é necessariamente jovem (completou 60 anos em janeiro), mas é um poço de juventude contra Biden e Trump, os dois presidentes mais velhos da história americana.

O primeiro já tem 77 anos e já trocava nomes durante a presidência entre 2017 e 2021. Biden tem 81 e foi tachado de “memória fraca” em um processo recente.

Leia a íntegra aqui. Assine Crusoé e apoie o jornalismo independente

Esportes

Craque Neto detona responsável pela eliminação do Corinthians: "maior culpado"

04.03.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Vasco acerta contratação do atacante Clayton Silva, de Portugal

Visualizar

Cuca concede primeira entrevista oficial como técnico do Athletico

Visualizar

Rafael Cardoso pede desculpas em caso de agressão contra idoso

Visualizar

Os brasileiros sabem da roubalheira

Visualizar

Amigo de Robinho é multado por tumultuar andamento do processo

Visualizar

Tags relacionadas

Estados Unidos Joe Biden Michelle Obama
< Notícia Anterior

Recorde de Inscrições no "Enem dos Concursos": CNU 2024 atrai 2,65 milhões de candidatos

13.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Técnico do Inter, Coudet fala sobre interesse do Vasco em Gabriel e Pedro Henrique

13.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

Marian

2024-02-13 11:03:06

Teria a força necessária para enfrentamento aos desafios globais, que envolvem, Coréia, China, Russua, Irã , um país dividido, imigração , combate ao carteis do narcotráfico, entre outros? Creio que não


Miranda

2024-02-13 08:24:08

Ela seria uma opção fantástica


Maglu Oliveira

2024-02-13 07:46:00

Frase gramaticalmente confusa: "Michelle Obama quis concorrer - mas não se sairia nada mal". Talvez seja melhor: Michelle Obama quis concorrer e não se saiu nada mal. Esse MAS confunde tudo. Seja como for, eu não tenho como votar nela, mas, por mim, já está eleita. Já comprovou que tem tutânio no cocuruto em vez de m.... como certas primeiras-damas tupiniquins, cada uma pior que a outra.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

Diplomata brasileiro morre em missão na Ruanda

04.03.2024 20:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

Kate Middleton é vista em público novamente depois de 6 semanas

04.03.2024 20:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

Nevasca nos EUA causa estragos e perigo de avalanches

04.03.2024 20:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
ONU diz que China violou direitos humanos

ONU diz que China violou direitos humanos

04.03.2024 19:05 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.