Crise no Haiti intensifica e EUA se recusam a intervir diretamente Crise no Haiti intensifica e EUA se recusam a intervir diretamente
O Antagonista

Crise no Haiti intensifica e EUA se recusam a intervir diretamente

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.03.2024 20:45 comentários
Mundo

Crise no Haiti intensifica e EUA se recusam a intervir diretamente

Explore a crescente crise no Haiti, com aumento da violência e sequestros, e a relutância dos EUA em intervir. Entenda os desafios diplomáticos e o apelo por apoio internacional

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.03.2024 20:45 comentários 0
Crise no Haiti intensifica e EUA se recusam a intervir diretamente
Fonte: Reprodução / Reuters

Uma intensão da crise no Haiti ameaça colocar o país à beira do colapso e o governo dos EUA parecem relutantes em intervir, como fizeram há 30 anos sob o comando do presidente Bill Clinton. Grande parte do país está sob o domínio de gangues armadas e o primeiro-ministro não consegue voltar ao país.

Concentração em outras frentes

A situação recebe pouca atenção dos EUA e de outras potências ocidentais, cujo foco predominante está nas guerras na Ucrânia e no Oriente Médio. À medida que a crise se aprofunda, o governo americano recomendou a seus cidadãos a evitar viagens para o Haiti.

Aumento da violência e controle das gangues

Recentemente, o Haiti tem sido atingido por um pico de violência, com o número de assassinatos sendo oito vezes maior do que há dez anos. O número de sequestros também disparou, levando a um aumento do fluxo de asilo para os EUA. Dados da Agência de Proteção da Alfândega e Fronteiras dos EUA (CBP) mostram que mais de 76 mil haitianos se apresentaram na fronteira sul dos EUA durante o ano fiscal de 2023, um aumento de cerca de 40% em comparação com o ano anterior.

Impasse diplomático

Enquanto a situação se deteriora, os EUA enfrentam um dilema. Eles não querem se envolver diretamente novamente, como Clinton fez em 1994, mas suas tentativas de encontrar soluções alternativas e diplomáticas parecem ter encontrado um beco sem saída. Por outro lado, a inação pode resultar em uma grande crise humanitária a uma curta distância de Miami.

Apelo por apoio internacional

O secretário-assistente de Estado dos EUA para Assuntos do Hemisfério Ocidental, Brian Nichols, pediu na última quinta-feira (7) a outros países que forneçam apoio ao Haiti. Ele anunciou que o Departamento de Defesa destinou US$ 100 milhões e se comprometeu a fornecer transporte aéreo, comunicações e apoio médico ao país.

Perspectiva para o futuro

O cenário para o futuro do Haiti é incerto. Caso a crise atual prossiga sem uma ação efetiva para restaurar a estabilidade, pode haver uma repetição do que aconteceu após a intervenção dos EUA em 1994, quando o país foi abalado por uma guerra civil e uma devastadora crise humanitária.

Mundo

Reino Unido implementa nova legislação de big techs

24.05.2024 20:10 3 minutos de leitura
Visualizar

Frente fria avança no Brasil e promete forte queda nas temperaturas

Visualizar

Os maiores adversários para Lula em 2026

Rodolfo Borges Visualizar

Guia completo do Simples Nacional para Micro e Pequenas Empresas

Visualizar

Funcionários de Pet shop abandonam animais para “salvar” equipamentos de enchente

Visualizar

Bolsa Família 2024: Evite suspensões atualizando seu cadastro

Visualizar

Tags relacionadas

Haiti tensão no Haiti
< Notícia Anterior

Definidos confrontos das quartas de final e rebaixados do Paulistão

10.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Descobrindo o "cronotrabalho": uma nova forma de maximizar a produtividade

10.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Reino Unido implementa nova legislação de big techs

Reino Unido implementa nova legislação de big techs

24.05.2024 20:10 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

24.05.2024 18:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

24.05.2024 18:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

24.05.2024 18:33 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.