Avião da FedEx faz pouso dramático sem rodas da frente Avião da FedEx faz pouso dramático sem rodas da frente
O Antagonista

Avião da FedEx faz pouso dramático sem rodas da frente

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.05.2024 09:09 comentários
Mundo

Avião da FedEx faz pouso dramático sem rodas da frente

Um avião de carga da Boeing operado pela FedEx Airlines realizou um pouso forçado no aeroporto de Istambul nesta quarta-feira

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.05.2024 09:09 comentários 1
Avião da FedEx faz pouso dramático sem rodas da frente
Reprodução/X

Um avião de carga da Boeing operado pela FedEx Airlines realizou um pouso forçado no aeroporto de Istambul nesta quarta-feira, sem acionar o trem de pouso dianteiro. Apesar do cenário preocupante, a aeronave conseguiu manter-se na pista e não houve feridos envolvidos no incidente, conforme informações do Ministério dos Transportes da Turquia.

Como ocorreu o pouso de emergência?

Segundo relatos das autoridades aeroportuárias, a aeronave, que havia partido do aeroporto Charles de Gaulle em Paris, comunicou falha ao tentar liberar o trem de pouso dianteiro enquanto se aproximava de Istambul. Com a orientação da torre de controle do aeroporto, a operação de pouso foi executada de forma controlada e sem maiores contratempos.

Resposta Imediata no Aeroporto

Antes do Boeing 767 tocar a pista, equipes de resgate e combate a incêndios já estavam mobilizadas estrategicamente ao longo da pista. Apesar das faíscas e fumaça observadas enquanto a frente da aeronave raspava o asfalto, o avião foi rapidamente coberto com espuma de combate a incêndios, evitando possíveis chamas.

Qual a idade e condição do avião envolvido?

O cargueiro, um modelo Boeing 767 com quase dez anos de operação, é comumente utilizado para o transporte de carga, baseado no modelo de passageiros 767 que foi desenvolvido na década de 1980. Este incidente destaca questões sobre a manutenção e operacionalidade dessas aeronaves veteranas.

Declarações e medidas após o incidente

A FedEx, em um comunicado, informou que está trabalhando em coordenação com as autoridades na investigação do incidente e prometeu divulgar mais informações assim que disponíveis. Por outro lado, a Boeing, fabricante do avião, não foi encontrada para comentários sobre o ocorrido. Apesar da situação, o tráfego aéreo no aeroporto de Istambul não foi severamente afetado, com as outras pistas operando normalmente após o fechamento temporário da pista onde ocorreu o pouso.

Investigação em Andamento

  • Autoridades continuam investigando as causas exatas do problema no trem de pouso, bem como revisando procedimentos para prevenção de incidentes semelhantes.
  • O foco está na análise detalhada da manutenção da aeronave e das comunicações entre a tripulação e a torre de controle durante o incidente.

Incidentes como este ressaltam a importância das medidas de segurança e das rápidas respostas em situações de emergência nos aeroportos internacionais.

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

Tags relacionadas

avião Fedex pouso
< Notícia Anterior

Concurso Exército 2024: Inscreva-se já e alcance uma carreira de sucesso

08.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Sanções globais e justiça cibernética: O fim do ransomware LockBit

08.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-05-08 14:09:50

Todos são e salvos, Graças a Deus! 🙏 Com a palavra, novamente a Boeing.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

24.05.2024 22:02 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

24.05.2024 21:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

24.05.2024 21:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.