O Antagonista

Rússia barra opositor de Putin das eleições presidenciais

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 20:12 comentários
Mundo

Rússia barra opositor de Putin das eleições presidenciais

Crescente visibilidade de Noris Nadejdin pode ser uma ameaça para Putin e que o Kremlin pode procurar uma desculpa para barrá-lo

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 02.02.2024 20:12 comentários 2
Rússia barra opositor de Putin das eleições presidenciais
O presidente Russo, Vladimir Putin, durante coletiva de imprensa em janeiro de 2024. Foto: Kremlin.ru

O regime de Vladimir Putin, na Rússia, barrou a candidatura de um adversário político, o ex-deputado Boris Nadejdin, para as eleições presidenciais de 2024 nesta sexta-feira, 2 de fevereiro.

O vice-presidente da comissão eleitoral, Nikolai Bulaiev, afirmou que havia irregularidades na candidatura e que mais motivos técnicos possivelmente serão apontados para desclassificar Nadejdin, considerado um forte opositor de Putin.

Questionamentos sobre a documentação e assinaturas

Para figurar na lista de candidatos das eleições que serão realizadas entre 15 e 17 de março, Nadejdin submeteu à comissão eleitoral assinaturas de mais de 100 mil apoiadores de todo o país.

Entretanto, segundo Nikolai Bulaiev, algumas dessas assinaturas pertencem a pessoas já falecidas.

“Havia a expectativa para alguns erros nas listas, mas quando encontramos dezenas de pessoas que já não estão mais vivas e que supostamente assinaram o documento, fica a questão sobre a honestidade dos métodos empregados, inclusive pela pessoa que coletou as assinaturas. E o candidato, em certa medida, é diretamente envolvido nisso”, afirmou Bulaiev.

Resposta de Nadejdin

Em resposta aos questionamentos da comissão aparelhada por Putin, Nadejdin fez uma brincadeira em uma mensagem aos seus apoiadores no Telegram.

“Você e eu somos os mais vivos dos vivos. Se alguém imaginar que vê almas mortas nas minhas listas de assinaturas, essa não é uma questão para mim, talvez eles devam procurar a igreja, ou um exorcista”, argumentou.

A decisão da Comissão Eleitoral

A Comissão Eleitoral Russa anunciará na segunda semana de fevereiro os candidatos autorizados a participarem nas eleições presidenciais.

A crescente visibilidade de Nadejdin pode ser uma ameaça para Putin e que o Kremlin pode procurar uma desculpa para barrá-lo.

O ex-deputado é conhecido por suas críticas severas a Putin e a guerra na Ucrânia.

Nas eleições passadas, autoridades eleitorais já desclassificaram candidatos cujas assinaturas de apoiadores foram consideradas inválidas.

Quem é Nadejdin?

Ex-deputado da Duma, o parlamento russo, e ex-vereador em Moscou, ele agora tem um objetivo infinitamente mais ousado: impedir, nas urnas, um sexto mandato de Vladimir Putin como presidente da Rússia.

O primeiro e surpreendente passo ele já conseguiu dar: nesta terça-feira, 23, ele conseguiu as 100 mil assinaturas necessárias para ser colocado nas cédulas de votação em todo o país.

Sobre seu plano de governo, pouco se sabe além de sua intenção de acabar imediatamente com a invasão do seu país à Ucrânia e assinar com Kiev um tratado de paz. Seu trabalho de oposição, por mais que seja pequeno e calcado em mandatos já encerrados, indica que suas posições são antagônicas à Trump.

O problema, no entanto, é se ele conseguirá, de fato, se manter na disputa: Nadezhdin entra em um terreno onde Putin —  no cargo de maneira quase ininterrupta há 24 anos — domina todas as regras do jogo, que retira potenciais rivais do autocrata quando estes apresentam uma ameaça à sua reeleição.

Em 2018, Alexei Navalny apareceu como um potencial candidato para unir a oposição contra Putin. Ele acabou preso e condenado por corrução (que ele nega), e foi impedido de concorrer. Boris Nemtsov, de quem Nadezhdin era próximo, também era uma figura de oposição a Putin. Acabou morto em uma ponte de Moscou em 2015.

Esportes

Incrível arrancada da Inter de Milão! Quebra de recorde de vitórias no futebol italiano!

29.02.2024 18:30 2 minutos de leitura
Visualizar

Consórcio de empresa chinesa vence leilão de trem SP-Campinas

Visualizar

EUA refutam preparação nuclear da Rússia frente a ameaças de Putin

Visualizar

Febre Oropouche tem primeiro paciente confirmado no RJ

Visualizar

Crusoé: Stock Car movimenta a corrida eleitoral em BH

Visualizar

Cerrado perdeu área equivalente ao município de Maceió

Visualizar

Tags relacionadas

Rússia Vladimir Putin
< Notícia Anterior

Presos irmãos suspeitos de latrocínio que matou PM em São Paulo

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Julgamento de Trump por conspiração na eleição de 2020 é adiado

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

Francisco Claudio Rodrigues Holanda Junior

2024-02-03 08:05:33

Para a surpresa de ninguém. É bom ele ficar longe de janelas, os russos parecem especialmente propensos a cair delas, sobretudo os adversários do Putin.


Jurandir Santana

2024-02-03 07:31:41

Parece que lá a democracia também é bolivariana


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

EUA refutam preparação nuclear da Rússia frente a ameaças de Putin

EUA refutam preparação nuclear da Rússia frente a ameaças de Putin

29.02.2024 18:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: ex-líder catalão é alvo no Supremo da Espanha por terrorismo

Crusoé: ex-líder catalão é alvo no Supremo da Espanha por terrorismo

29.02.2024 17:22 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Protesto violento na UC Berkeley interrompe evento judaico

Protesto violento na UC Berkeley interrompe evento judaico

Alexandre Borges
29.02.2024 17:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Israel divulga vídeo de recuo de tanques “para evitar danos”

Israel divulga vídeo de recuo de tanques “para evitar danos”

29.02.2024 16:49 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.