Rio Sena sob ameaça de não se classificar para Olimpíada Rio Sena sob ameaça de não se classificar para Olimpíada
O Antagonista

Rio Sena sob ameaça de não se classificar para Olimpíada

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 15.04.2024 10:04 comentários
Esportes

Rio Sena sob ameaça de não se classificar para Olimpíada

Uma das principais preocupações é a segurança do evento, uma vez que esta será a primeira cerimônia de abertura fora de um estádio

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 15.04.2024 10:04 comentários 0
Rio Sena sob ameaça de não se classificar para Olimpíada
Foto: Préfecture de Police/Fotos Públicas

Há pouco mais de 100 dias para os jogos olímpicos de Paris, uma preocupação paira sobre o evento: a possível falta de preparação de uma das principais estrelas, o Rio Sena.

O rio está cheio e poluído, além de apresentar um esquema de segurança que inspira cautela.

Nesta segunda-feira, 15, o presidente francês Emmanuel Macron admitiu publicamente que o governo está considerando locais alternativos para a realização da cerimônia de abertura da Olimpíada, agendada para 26 de julho.

De acordo com Macron, os planos B e C são preparados em paralelo, sendo o Trocadero, próximo à Torre Eiffel, e o Stade de France, palco da final da Copa do Mundo de 1998 entre França e Brasil, são as possíveis opções.

Decisão final

Macron ressaltou que será realizada uma análise em tempo real para tomar a decisão final. Ele mencionou a possibilidade de limitar a cerimônia ao Trocadero, sem abranger todo o trecho do Rio Sena, ou até mesmo trazer o público de volta ao Stade de France, como é feito tradicionalmente.

Uma das principais preocupações é a segurança do evento, uma vez que esta será a primeira cerimônia de abertura fora de um estádio na história das Olimpíadas.

Macron garantiu que será montado um perímetro de segurança oito dias antes da abertura e afirmou que todos os cuidados estão sendo tomados para garantir a proteção dos participantes e do público.

Rio Sena poluído

Em entrevista para a BFM, o presidente francês também respondeu a questionamentos sobre a despoluição do Rio Sena. Duas modalidades dos Jogos Olímpicos, a maratona aquática e a prova de natação do triatlo, estão programadas para acontecer no rio. O governo francês promete que, como legado dos Jogos, qualquer pessoa poderá nadar no rio a partir de 2025.

No entanto, uma ONG francesa focada na proteção dos oceanos, a Surfirider, alertou recentemente que as águas do Sena estão em estado alarmante. Amostras colhidas nos locais exatos dos eventos olímpicos revelaram uma taxa excessiva de contaminantes, incluindo bactérias fecais, com concentrações duas a três vezes maiores do que os padrões aceitáveis para nado.

A poluição do Rio Sena é causada principalmente pelas chuvas intensas, que fazem com que o rio absorva o excesso de esgoto para evitar enchentes na cidade. O governo francês argumenta que a coleta de amostras deveria ser feita no verão, e não durante o período chuvoso, e afirma que o trabalho de despoluição ainda não está concluído.

As obras de despoluição do rio envolvem um investimento de 1,5 bilhão de euros e se dividem em três frentes: construção de túneis e reservatórios para recolher a água da chuva, ligação das casas antigas ao sistema de coleta de esgoto e orientação aos donos de barcos para descartar seus resíduos em pontos de tratamento instalados no próprio Rio Sena.

Segurança na Olimpíada

Apesar das preocupações, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Paris 2024 mantém o discurso de confiança, afirmando que estão trabalhando em alternativas para lidar com a situação. No entanto, o nível do rio está atrapalhando o planejamento da cerimônia de abertura, levando ao adiamento de um evento teste com barcos.

A expectativa é que cerca de 200 barcos naveguem pelos seis quilômetros do Rio Sena durante a cerimônia de abertura, incluindo aproximadamente 100 barcos reservados para as delegações. Com todo o protagonismo que o Rio Sena terá nos Jogos Olímpicos, tornou-se uma questão de honra para o governo francês garantir que o icônico rio seja palco de um momento histórico e não de um grande fiasco.

Brasil

Facções avisam que vão vingar morte de crianças em BH

24.05.2024 20:58 3 minutos de leitura
Visualizar

Confronto explosivo entre Travis Scott e Tyga em Festa de Cannes

Visualizar

Corte não impediu Israel de agir

Visualizar

Ministério Público vai recorrer de absolvição de Cláudio Castro

Visualizar

COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

Visualizar

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

Visualizar

Tags relacionadas

Emmanuel Macron França OLIMPÍADAS Olimpíadas de Paris Rio Sena
< Notícia Anterior

Concurso marinha 2025: salário que chegam a R$ 9 mil

15.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Homem é condenado por tentativa de feminicídio em Fortaleza

15.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

24.05.2024 20:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cruzeiro anuncia retorno de Adilson Batista como treinador

Cruzeiro anuncia retorno de Adilson Batista como treinador

24.05.2024 20:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Phillippe Coutinho desembarca no Brasil, acerto com Vasco perto

Phillippe Coutinho desembarca no Brasil, acerto com Vasco perto

24.05.2024 20:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
John Textor planeja vender o time Crystal Palace

John Textor planeja vender o time Crystal Palace

24.05.2024 19:13 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.