CBF explica em CPI da Manipulação do Futebol como monitora casos suspeitos CBF explica em CPI da Manipulação do Futebol como monitora casos suspeitos
O Antagonista

CBF explica em CPI da Manipulação do Futebol como monitora casos suspeitos

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.04.2024 22:00 comentários
Esportes

CBF explica em CPI da Manipulação do Futebol como monitora casos suspeitos

Desde abril de 2022 sob nova gestão, a CBF adotou uma série de ações estratégicas para combater fraudes em jogos.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.04.2024 22:00 comentários 0
CBF explica em CPI da Manipulação do Futebol como monitora casos suspeitos
Mesa: advogado Pedro Ivo Velloso; diretor de Competições da CBF, Júlio Avellar; presidente da CPIMJAE, senador Jorge Kajuru (PSB-GO); oficial de Integridade da CBF, Eduardo Gussem; advogado Marcelo Neves Resende. Foto: Marcos Oliveira /Agência Senado

Durante a sessão da CPI da Manipulação do Futebol no Senado, nesta segunda-feira, 29, o diretor de competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Júlio Avellar, disse que entre os anos de 2022 e 2024 foram identificados 264 jogos suspeitos de manipulação de resultados.

O diretor aproveitou para reforçar o compromisso da CBF com a integridade do esporte.

Desde abril de 2022, sob nova gestão, a CBF adotou uma série de ações estratégicas para combater a fraude em jogos.

Dentre elas, a parceria com a Sportradar, líder global em tecnologia esportiva, destacou-se por expandir significativamente o monitoramento de partidas.

Segundo informações reveladas durante a CPI, a quantidade de partidas monitoradas saltou de 1.224 em 2023 para 5.226 em 2024.

Importante notar que este acompanhamento não está restrito apenas a competições nacionais, abrangendo também campeonatos estaduais, categorias de base e o futebol feminino.

Como CBF monitora casos suspeitos de manipulação no Futebol

Todos os jogos que apresentam atividades suspeitas são meticulosamente investigados.

As análises são encaminhadas para órgãos competentes como a Polícia Federal e o Ministério Público, além dos órgãos esportivos de justiça.

No entanto, André Avellar, diretor de competições da CBF, ressaltou que nem todos casos indicam manipulação direta do resultado final, podendo envolver intercorrências menos impactantes como cartões e faltas.

Importância da adesão à Convenção de Macolin

O oficial de Integridade da CBF, Eduardo Gussem, reiterou a importância de se aderir à Convenção de Macolin, que impõe critérios rigorosos para a detecção e investigação da manipulação de competições esportivas.

Essa adesão é vista como um passo crucial para aumentar a eficácia das medidas de vigilância e manter a imparcialidade e justiça nos esportes.

A CPI, que foi instalada no Senado em 10 de abril de 2024 com duração prevista de até 180 dias, poderá prorrogar seus trabalhos por mais 90 dias.

Romário (PL-RJ), relator da CPI, e Jorge Kajuru (PSB-GO), presidente dos trabalhos, têm partes cruciais a desempenhar nesse processo investigativo.

A expectativa é que ao final, medidas legais sejam propostas para coibir a manipulação de resultados e garantir a integridade do futebol brasileiro.

Fortalecimento das regras contra manipulação

A pesquisa da CBF e Sportradar e os esforços subsequentes da confederação são essenciais para garantir que o futebol não apenas se mantenha como uma paixão nacional, mas também como um esporte de justiça e ética.

A transparência e rigidez nos processos são fundamentais para restaurar e manter a confiança de torcedores e atletas no sistema esportivo brasileiro.

Cultura

Uso diário de maconha supera o de álcool nos EUA

Alexandre Borges
23.05.2024 06:14 3 minutos de leitura
Visualizar

Líder da direita populista alemã cai após relativizar nazismo

Alexandre Borges Visualizar

Receita libera restituição priorizando Gaúchos após calamidades

Visualizar

INSS: calendário do 13º salário, pagamentos antecipados

Visualizar

Bolsa Família: novos benefícios de Auxílio Médio

Visualizar

Crusoé: Nove pessoas morrem em acidente em comício no México

Caio Mattos, Da Cidade do México Visualizar

Tags relacionadas

CPI da Manipulação de Resultado em Partidas de Futebol CPI da Manipulação de Resultados manipulação de resultados
< Notícia Anterior

TSE multa Lula em R$ 250 mil

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

São Paulo e Palmeiras fazem jogo tenso e ficam no empate

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Flaco López renova com o Palmeiras até 2027

Flaco López renova com o Palmeiras até 2027

22.05.2024 20:21 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Snus: jogadores da Premier League estariam viciados em substância

Snus: jogadores da Premier League estariam viciados em substância

22.05.2024 19:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Grêmio pode não jogar mais na Arena esse ano

Grêmio pode não jogar mais na Arena esse ano

22.05.2024 18:28 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Atalanta derruba Leverkusen e vence a Liga Europa

Atalanta derruba Leverkusen e vence a Liga Europa

22.05.2024 18:05 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.