Governo reduz teto do consignado do INSS pela oitava vez Governo reduz teto do consignado do INSS pela oitava vez
O Antagonista

Governo reduz teto do consignado do INSS pela oitava vez

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2024 19:15 comentários
Economia

Governo reduz teto do consignado do INSS pela oitava vez

O corte atual deve levar as taxas dos atuais 1,68% ao mês para 1,66% para a modalidade com desconto direto na folha de pagamentos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2024 19:15 comentários 0
Governo reduz teto do consignado do INSS pela oitava vez
Novo cartão de crédito INSS: mais acessibilidade e menos juros para aposentados e pensionistas

O CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social) aprovou mais uma redução no no teto de juros do empréstimo consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social. Agora, o limite para as taxas na modalidade com desconto em folha será de 1,66% ao mês, contra 1,68% . Para as contratações feitas através de cartão de crédito consignado, os juros máximos mensais passarão a ser 2,46%, de 2,48%.

Esse será o oitavo corte na taxa desde março de 2023, quando estava em 2,14% ao mês. O novo teto começa a valer cinco dias úteis após a publicação da medida no Diário Oficial da União.

O ministro Carlos Lupi, Previdência Social, tem defendido que os juros do consignado acompanhem os cortes na taxa básica de juros, a Selic. As reduções do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central nos juros básico, no entanto, só se iniciaram em agosto do ano passado, cerca de cinco meses após o começo do movimento com os empréstimos.

A decisão, como tem sido a tônica desde o início dos cortes no teto, não foi unânime, com os bancos se posicionando contra a alteração. As instituições financeiras votaram pela manutenção das taxas atuais sob o argumento de que o Copom reduziu a ritmo de cortes e há perspectivas de atraso no início da redução da taxa de juros nos Estados Unidos.

No início do ano passado, a primeira investida de Lupi contra os juros do crédito consignado causou a suspensão da linha para aposentados e pensionistas do INSS, após os bancos considerarem o corte muito extremo.

Após alguns dias, os bancos acordaram para uma nova taxa acima da proposta inicial do governo, e os empréstimos voltaram a ser feitos. Atualmente, no entanto, algumas instituições financeira optaram por não mais operar o crédito.

De acordo com os dados de pesquisa do Banco Central realizada entre 7 e 13 de maio, 27 de 43 bancos apareciam com taxas praticadas abaixo do teto. Isso significa que outras 16 instituições não estão ofertando o serviço.

Esportes

Eurocopa 2024: Alemanha arranca empate no fim contra a Suiça

23.06.2024 18:14 3 minutos de leitura
Visualizar

Inauguração de Atacadista com promoção leva pânico ao Rio

Visualizar

Eliana na Globo? Apresentadora recebe convite para o "Domingão"

Visualizar

Ataque na Nigéria tem 100 sequestrados

Visualizar

Justiça manda soltar suspeito de desvio do Solidariedade

Visualizar

CazéTV anuncia transmissão da Copa do Mundo de Futsal

Visualizar

Tags relacionadas

crédito consignado INSS juros
< Notícia Anterior

Chuvas no RS: entidades empresariais querem zerar impostos de comércio

27.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

GTA 6: CEO da Take-Two fala sobre preço e data de lançamento

27.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

FGTS Calamidade: salva famílias em Campos dos Goytacazes

FGTS Calamidade: salva famílias em Campos dos Goytacazes

23.06.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
MEIs têm direito a licença-maternidade de 4 meses: veja como conseguir o seu

MEIs têm direito a licença-maternidade de 4 meses: veja como conseguir o seu

23.06.2024 12:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
INSS: adota novo calendário de pagamentos em 2024, veja se você se beneficia

INSS: adota novo calendário de pagamentos em 2024, veja se você se beneficia

23.06.2024 12:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Descubra seu Número de Identificação Social (NIS): guia completo de consulta

Descubra seu Número de Identificação Social (NIS): guia completo de consulta

23.06.2024 12:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.