Exclusivo: governo terá que gastar quase R$ 100 bilhões para baixar combustível em R$ 1 Exclusivo: governo terá que gastar quase R$ 100 bilhões para baixar combustível em R$ 1
O Antagonista

Exclusivo: governo terá que gastar quase R$ 100 bilhões para baixar combustível em R$ 1

avatar
Antonio Temóteo
3 minutos de leitura 24.11.2021 06:00 comentários
Economia

Exclusivo: governo terá que gastar quase R$ 100 bilhões para baixar combustível em R$ 1

Para reduzir em R$ 1 real o preço da gasolina e do diesel o governo terá de gastar quase R$ 100 bilhões por ano. Essa despesa leva em conta estimativas feitas pela Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do Ministério da Economia...

avatar
Antonio Temóteo
3 minutos de leitura 24.11.2021 06:00 comentários 0
Exclusivo: governo terá que gastar quase R$ 100 bilhões para baixar combustível em R$ 1
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Para reduzir em R$ 1 o preço da gasolina e do diesel, o governo terá de gastar quase R$ 100 bilhões por ano. Essa despesa leva em conta estimativas feitas pela Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do Ministério da Economia.

Nas contas da secretaria, para reduzir em R$ 0,10 o preço do diesel, o governo teria de gastar R$ 6 bilhões por ano. Para a queda chegar a R$ 1, seriam necessários R$ 60 bilhões. No caso da gasolina, para baratear em R$ 0,10, a despesa anual seria de R$ 3,8 bilhões. Um redução de R$ 1 demandaria R$ 38 bilhões. Com isso, o governo teria de desembolsar R$ 98 bilhões para diminuir o valor dos combustíveis para níveis de setembro passado.

Para se ter uma ideia do tamanho desse gasto, a desembolso anual do governo para manter toda a máquina pública em funcionamento chega a R$ 80 bilhões por ano. Os recursos usados para baratear o preço dos combustíveis entrariam no teto de gastos e outras despesas precisariam ser cortadas para respeitar as regras fiscais.

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado realizou ontem uma audiência pública sobre o preço dos combustíveis. O colegiado debate um projeto de lei para criar um fundo de estabilização para o valor da gasolina e do diesel.

A proposta também institui um imposto de exportação sobre o petróleo bruto, que teria os recursos arrecadados repassados para o fundo de estabilização e bancaria a redução dos preços dos combustíveis.

Esse imposto sobre exportação é visto com desconfiança por parte do mercado. Se aprovado, poderia afugentar investidores, que teriam um custo exorbitante para extrair o petróleo. Além disso, as estimativas do governo mostram que o fundo de estabilização demandaria um volume de recursos exorbitante.

Alguns senadores defendem usar os dividendos pagos ao governo pela Petrobras para reforçar o caixa desse fundo de estabilização. Em 2021, a estatal deve repassar para a União R$ 27,1 bilhões. Esse valor bancaria uma redução de R$ 0,45 no preço do diesel ou de R$ 0,71 no valor gasolina.

O governo e o Congresso deveriam reduzir os benefícios fiscais de R$ 442,3 bilhões previstos no orçamento de 2022 para bancar um Auxílio Brasil permanente e, eventualmente, bancar a redução nos preços dos combustíveis. Mas como os parlamentares buscam sempre o caminho mais fácil, não veremos medidas para acabar com a mamata.

Economia

Concurso da APS Santos: salário de até R$ 8.1 mil, veja detalhes

15.04.2024 10:37 3 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Encontro de Lula e Petro se torna campo minado diplomático

Visualizar

Pacheco reúne governadores para discutir dívida dos estados

Wesley Oliveira Visualizar

Crusoé: Ataque iraniano falhou, mas foi feito para dar certo

Visualizar

Conheça a revolução da CTPS Digital: mais direitos e praticidade aos trabalhadores

Visualizar

Onde assistir Chelsea x Everton: confira detalhes da partida

Visualizar

Tags relacionadas

combustíveis diesel gasolina subsídio subvenção
< Notícia Anterior

Por violar Lei Cidade Limpa, 'Touro de Ouro' é retirado; assista

23.11.2021 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Inflação de novembro poderá ser a maior desde 2002

24.11.2021 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Antonio Temóteo

Antonio Temóteo é jornalista formado pelo UniCeub. Foi repórter do Correio Braziliense e do UOL. Nesse período, se especializou na cobertura política e econômica em Brasília. Acompanhou o impeachment de Dilma Rousseff e a aprovação de diversas pautas econômicas no Congresso Nacional. Entre outros prêmios, ganhou duas vezes o Esso de Informação Econômica e duas vezes o Abrapp, focado em matérias sobre fundos de pensão.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Concurso da APS Santos: salário de até R$ 8.1 mil, veja detalhes

Concurso da APS Santos: salário de até R$ 8.1 mil, veja detalhes

15.04.2024 10:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça a revolução da CTPS Digital: mais direitos e praticidade aos trabalhadores

Conheça a revolução da CTPS Digital: mais direitos e praticidade aos trabalhadores

15.04.2024 10:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Concurso marinha 2025: salário que chegam a R$ 9 mil

Concurso marinha 2025: salário que chegam a R$ 9 mil

15.04.2024 10:04 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Saiba como a revisão do FGTS pode aumentar seu saldo, entenda agora

Saiba como a revisão do FGTS pode aumentar seu saldo, entenda agora

15.04.2024 10:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.