Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair
O Antagonista

Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 28.05.2024 18:41 comentários
Economia

Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair

Pessimismo com trajetória de juros nos Estados Unidos impactou ativos locais, e bolsa volta a cair após leve alta de 0,15% no dia anterior

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 28.05.2024 18:41 comentários 0
Após pequeno alívio, Ibovespa volta a cair
B3/ Divulgação

Apesar de números melhores que o esperado para o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15), os juros futuros brasileiro subiram na sessão desta terça-feira, 28, e pressionaram o principal índice acionário brasileiro.

A prévia do índice oficial de inflação apontou aceleração na pressão sobre os preços de 0,44% em maio, contra uma expectativa de alta de 0,47%. Na leitura anual, IPCA-15 ficou em 3,70% nos doze meses até maio, contra estimativa de 3,74%.

Após a divulgação do dado local, as taxas de juros futuros recuaram e o Ibovespa avançou em terreno positivo. No início da tarde, no entanto, o mau humor externo com leilão de título americanos com baixa procura mudou o cenário no mercado financeiro brasileiro.

As taxas locais acompanharam o movimento americano e passaram a subir. No fechamento, praticamente, todos os vencimentos apresentaram alta na comparação com o ajuste do dia anterior. Os papéis com prazo mais longo avançaram até 10 pontos base, e os curtos mantiveram a precificação de fim do ciclo de cortes da Selic.

Com juros mais elevados, as ações do Ibovespa sentiram e descolaram dos mercados acionários americanos. Enquanto, as bolsas em Wall Street encerraram o dia em alta (S&P 500 +0,02%; Nasdaq +0,52%), o indicador brasileiro não resistiu e caiu para 123,8 mil pontos, o menor patamar desde novembro do ano passado.

Vale (-2,16%) foi a principal contribuição negativa, com a queda do minério de ferro no mercado internacional. Ambev (-1,86%) e Itaú (-0,54%) completam as três posições de maiores detratores da sessão.

Do lado positivo, as ações da Petrobras (+2,13% PN; 1,76% ON) lideram as contribuições positivas, após coletiva de Magda Chambriard, nova presidente da estatal, tranquilizar os investidores. Os papéis de Isa Cteep (+1,09%) e Santander (+1,12%) completam as três empresas com maior peso entre as com resultados positivos.

O dólar recuou 0,21% contra o real e encerrou o dia cotado a 5,16 reais.

Esportes

Eurocopa 2024: Inglaterra passa para as oitavas com susto

25.06.2024 18:12 2 minutos de leitura
Visualizar

Melhores cassinos com bonus no cadastro em 2024

Estúdio OÉ Visualizar

Crusoé: Livre do Ocidente, Assange voltará a ser peão de Putin

Visualizar

“Descriminalização só por meio de lei”, afirma Pacheco após decisão do STF

Visualizar

Piratas do caribe: reinício épico com Margot robbie e nova protagonista

Visualizar

António Oliveira segue exemplo no Palmeiras para revitalizar o Corinthians

Visualizar

Tags relacionadas

dólar Ibovespa juros futuros
< Notícia Anterior

Procuradoria Eleitoral defende cassação do governador de Roraima

28.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Relator propõe taxar ‘blusinhas da Shein’ em 25%

28.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Frasle anuncia compra da Kuo Refaciones por R$ 2,1 bi

Frasle anuncia compra da Kuo Refaciones por R$ 2,1 bi

25.06.2024 17:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Vem aí o sistema de meta de inflação contínua

Vem aí o sistema de meta de inflação contínua

25.06.2024 16:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo adia Plano Safra; Frente do Agro não perdoa

Governo adia Plano Safra; Frente do Agro não perdoa

25.06.2024 14:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Vale diz que não foi notificada sobre novo pedido de indenização

Vale diz que não foi notificada sobre novo pedido de indenização

25.06.2024 11:24 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.