Apesar de demissão na Petrobras e Ata do BC, ativos locais avançam Apesar de demissão na Petrobras e Ata do BC, ativos locais avançam
O Antagonista

Apesar de demissão na Petrobras e Ata do BC, ativos locais avançam

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 17:31 comentários
Economia

Apesar de demissão na Petrobras e Ata do BC, ativos locais avançam

Mesmo com a estatal brasileira pesando contra o Ibovespa, índice encerrou a semana em alta de 0,43% aos 128,2 mil pontos

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 17:31 comentários 0
Apesar de demissão na Petrobras e Ata do BC, ativos locais avançam
Foto: Divulgação

O Ibovespa, principal índice acionário do país, encerrou a semana em leve alta de 0,43%, aos 128,2 mil pontos. O indicador conseguiu encerrar o período no positivo mesmo com a gigante petroleira brasileira figurando entre as principais quedas, com as ações ordinárias recuando 12,60% e as preferenciais 11,76%.

A maior parte do movimento negativo se deu após o anúncio da demissão do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, na noite de terça-feira, 14. Outro destaque negativo nesta semana foram as ações da operadora de viagens e turismo CVC, que viu as ações despencarem mais de 10% após o anúncio da renúncia de quatro membros do Conselho de Administração da companhia, inclusive, o presidente do colegiado.

Do lado positivo, JBS e Marfrig lideraram as altas com 18,56% e 15,78% após apresentarem balanços melhores que o esperado pelos analistas. Os papéis da Embraer (+18,09%) completaram as três primeiras posições entre as melhores performances do Ibovespa.

A curva futura de juros desinclinou, após a Ata do Copom (Comitê de Política Monetária) ter, aparentemente, convencido os investidores que a decisão dividida sobre o ritmo no ciclo de cortes teve caráter técnico. De acordo com o texto, a discussão se deu em torno do prejuízo na credibilidade da autarquia por não cumprir a indicação de que manteria a velocidade das quedas na Selic.

Com isso, as taxas dos contratos com vencimento mais longos cederam até 7 pontos base na semana, enquanto as de prazo mais curto avançaram até 10 pontos base. O movimento praticamente zerou a precificação de um novo corte na Selic este ano.

O real se beneficiou da visão mais restritiva para a política monetária e se valorizou frente ao dólar. A moeda americana recuou 0,71% (ou 0,04 real) para encerrar o período valendo 5,10 reais. Ainda assim, a divisa dos Estados Unidos acumula valorização de mais de 5% no ano contra a brasileira.

Economia

PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

20.06.2024 13:15 3 minutos de leitura
Visualizar

Guarda Costeira da China ataca barco das Filipinas

Visualizar

Julgamento dos ex-policiais no Caso Genivaldo de Jesus avança

Visualizar

Fuzis no RJ: O armamento que assusta e a guerra nas ruas

Visualizar

Copa América 2024: Análise do Grupo C

Visualizar

Tragédia: Bebida tóxica mata dezenas na Índia

Visualizar

< Notícia Anterior

Transição no gol do Corinthians: o que esperar para o futuro?

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Chuvas no RS: Lira dispensa deputados gaúchos de registro de presença

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

20.06.2024 13:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

20.06.2024 11:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

20.06.2024 11:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Petrobras paga dividendo hoje; veja quem deve receber

Petrobras paga dividendo hoje; veja quem deve receber

20.06.2024 10:47 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.