O Antagonista

Apoiadores de Trump em guerra contra Taylor Swift

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 31.01.2024 14:49 comentários
Cultura

Apoiadores de Trump em guerra contra Taylor Swift

Maior estrela pop mundial é temida por republicanos pelo poder de conquistar votos para Biden

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 31.01.2024 14:49 comentários 1
Apoiadores de Trump em guerra contra Taylor Swift
Donald Trump e Taylor Swift

Aliados do ex-presidente Donald Trump intensificam ataques contra Taylor Swift, a artista pop mais famosa do planeta, temendo sua influência nas eleições presidenciais de 2024.

Swift está no epicentro de teorias da conspiração de setores mais extremistas do trumpismo. Essas teorias acusam a cantora de ser um “ativo do Pentágono” e parte de uma “operação psicológica para interferência eleitoral”, com o objetivo de ajudar a reeleição de Joe Biden.

À medida que o Super Bowl se aproxima, a relação de Swift com o jogador de futebol americano Travis Kelce e a vitória recente do seu time, o Kansas City Chiefs, adicionam combustível às especulações. Influenciadores trumpistas como Jack Posobiec e a comediante Roseanne Barr sugerem que a fama de Swift está sendo usada contra Trump. Alegam que ela e Kelce seriam um casal de fachada criado como peças de um complô para influenciar o resultado das eleições presidenciais.

Nos últimos anos, Swift tornou-se mais aberta politicamente. Em 2018, apoiou candidatos democratas no Tennessee e, em 2020, endossou Joe Biden, posicionando-se contra Trump.

Com mais de 50 milhões de álbuns e 150 milhões de singles vendidos globalmente, ela é uma das artistas pop de maior sucesso de todos os tempos. Seus prêmios incluem 10 Grammy Awards e inúmeros reconhecimentos, como ter sido escolhida Personalidade do Ano de 2023 pela revista TIME.

Brasil

Rui Costa avalia que fala de Bolsonaro foi "confissão de crimes praticados"

Wesley Oliveira
26.02.2024 15:06 2 minutos de leitura
Visualizar

TSE define regras para uso da inteligência artificial nas eleições

Visualizar

Grêmio confirma jogo da estreia de Diego Costa

Visualizar

Lula resolveu calar sobre Bolsonaro

Visualizar

“Espero que não leve política ao ofício de julgador”, diz Marco Aurélio sobre Dino

Visualizar

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Visualizar

Tags relacionadas

Donald Trump Joe Biden Taylor Swift
< Notícia Anterior

Fazenda aposta que PIB deve crescer 2,2% em 2024

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Acidente trágico na BR-153: Sinalização ignorada e descanso insuficiente resultam em fatalidade

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Alexandre Ataliba Do Couto Resende

2024-01-31 19:18:31

Enquanto existir ota rio, ma lan dro não passa fome.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

Líderes europeus reunidos em Paris para reforçar apoio à Ucrânia

26.02.2024 14:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

26.02.2024 13:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

26.02.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

26.02.2024 12:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.