O Antagonista

Urgente: STF julgará militares envolvidos no 8/1, decide Moraes

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 27.02.2023 19:08 comentários
Brasil

Urgente: STF julgará militares envolvidos no 8/1, decide Moraes

O ministro do STF Alexandre de Moraes estabeleceu que o STF é o responsável por processar e julgar integrantes das Forças Armadas e policiais militares envolvidos nos atos antidemocráticos de 8 de janeiro...

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 27.02.2023 19:08 comentários 0
Urgente: STF julgará militares envolvidos no 8/1, decide Moraes
Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O ministro do STF Alexandre de Moraes estabeleceu que o STF é o responsável por processar e julgar integrantes das Forças Armadas e policiais militares envolvidos nos atos antidemocráticos de 8 de janeiro.

Além disso, o magistrado também determinou a abertura de inquérito para apurar a conduta dos militares.

A investigação, até o momento, estava sendo conduzida pela Justiça Militar. Contudo, Moraes argumentou que “inexiste competência da Justiça Militar da União para processar e julgar militares” envolvidos neste caso. Na visão do ministro, a Justiça Militar não tem competência para processar crimes como atentados ao Estado Democrático de Direito, ameaça, dano, incitação ao crime, associação criminosa, entre outros.

Para o magistrado, a Justiça Militar somente tem competência para processar os chamados crimes militares, como insubordinação, ou desvios de conduta relacionados à atividade na Polícia Militar ou Forças Armadas.

“Nenhuma das hipóteses definidoras da competência da Justiça Militar da União está presente nessa investigação, pois os citados artigos do Código Penal Militar não se confundem com a responsabilidade penal prevista pela Lei 13.260/16 ou pelos tipos penais anteriormente citados e tipificados no Código Penal”, disse Moraes.

“Absolutamente todos os envolvidos serão responsabilizados civil, política e criminalmente pelos atos atentatórios à Democracia, ao Estado de Direito e às Instituições, inclusive pela dolosa conivência por ação ou omissão motivada pela ideologia, dinheiro, fraqueza, covardia, ignorância, má-fé ou mau-caratismo”, reafirmou Moraes.

Papo Antagonista

A malandragem do governo Lula sobre o aborto

29.02.2024 23:56 1 minuto de leitura
Visualizar

TSE reabre a temporada de censura?

Visualizar

Anistia, só para corruptos

Visualizar

Os número de James Rodríguez na sua volta ao São Paulo

Visualizar

Arena MRV é indicada ao prêmio "Estádio do Ano"

Visualizar

Ipespe/Febraban: 67% dos brasileiros acham que inflação cresceu

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes militares Moraes STF supremo
< Notícia Anterior

Covid: Brasil registra 59 mortes em 24 horas, diz Conass

27.02.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

GT da reforma tributária tem reunião para definir cronograma

27.02.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wilson Lima

Wilson Lima é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão. Trabalhou em veículos como Agência Estado, Portal iG, Congresso em Foco, Gazeta do Povo e IstoÉ. Acompanha o poder em Brasília desde 2012, tendo participado das coberturas do julgamento do mensalão, da operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff. Em 2019, revelou a compra de lagostas por ministros do STF.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Fugitivos de Mossoró são vistos na divisa com Ceará, diz jornal

Fugitivos de Mossoró são vistos na divisa com Ceará, diz jornal

29.02.2024 21:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Prefeitura de SP autoriza recuperação da marquise do Ibirapuera

Prefeitura de SP autoriza recuperação da marquise do Ibirapuera

29.02.2024 20:56 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-apresentador do SBT, Marcelo Carrião, preso por suposto fornecimento de drogas

Ex-apresentador do SBT, Marcelo Carrião, preso por suposto fornecimento de drogas

29.02.2024 20:47 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Martinho da Vila processa INSS por cancelar aposentadoria

Martinho da Vila processa INSS por cancelar aposentadoria

29.02.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.