O Antagonista

Toffoli não deveria ter votado no julgamento sobre delação de Cabral, dizem especialistas

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2021 21:03 comentários
Brasil

Toffoli não deveria ter votado no julgamento sobre delação de Cabral, dizem especialistas

Dias Toffoli não deveria ter votado no julgamento que anulou a delação que o ex-governador Sérgio Cabral firmou com a PF. O motivo é simples: ele foi delatado pelo político fluminense, que o acusou de ter recebido R$ 4 milhões em propina por decisões favoráveis a dois prefeitos do RJ enquanto atuava no TSE. A opinião é de especialistas consultados por O Antagonista...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 27.05.2021 21:03 comentários 108
Toffoli não deveria ter votado no julgamento sobre delação de Cabral, dizem especialistas
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 

Dias Toffoli não deveria ter votado no julgamento que anulou a delação que o ex-governador Sérgio Cabral firmou com a PF. O motivo é simples: ele foi delatado pelo político fluminense, que o acusou de ter recebido R$ 4 milhões em propina por decisões favoráveis a dois prefeitos do RJ enquanto atuava no TSE. A opinião é de especialistas consultados por O Antagonista.

O procurador de Justiça Roberto Livianu foi categórico: “Sem sombra de dúvida que ele deveria ter se declarado impedido. A delação diz respeito a ele. Ele é alvo do objeto do julgamento, que diz respeito a fatos que o incriminam. A pessoa ‘suspeita’, incriminada pelo ex-governador é o ministro Dias Toffoli. Ele não poderia ter participado do julgamento.”

O doutor em Direito Constitucional Guilherme Amorim até ponderou que impedimento de magistrados em julgamentos, normalmente, devem ser definidos pelo próprio julgador, mas ressaltou que a PGR poderia ter feito essa solicitação.

“Precisaria haver uma procuração da PGR com pedido expresso, que causasse um incidente para haver a suspensão.”

Ele disse ainda que não havia necessidade de Toffoli participar, ainda mais que seu voto “não decidiu o julgamento”. “Ele poderia ter deixado de votar para justamente não cair em nenhuma questão subjetiva, até mesmo para preservar o STF.”

Um advogado criminalista que pediu para não ter seu nome divulgado afirmou que Toffoli, ao votar, descumpriu o Código de Processo Penal. “O texto estabelece que o juiz não pode exercer jurisdição em processo em que ele próprio ‘for diretamente interessado no feito’.”

O Código de Processo Penal define como situações de impedimento o juiz atuar em ações quando ele ou algum familiar seu, “em linha reta ou colateral até o terceiro grau”, for parte ou diretamente interessado no caso.

“Quem enquadra neste inciso não poderia ter participado do julgamento”, disse o advogado.

Mundo

Cromossomo Y Está desaparecendo

25.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Visualizar

Tite comenta caso de Daniel Alves

Visualizar

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Visualizar

Conheça as mansões de famosos como Bruno Gagliasso e Simone Mendes disponíveis para aluguel

Visualizar

Tags relacionadas

Dias Toffoli MPF PGR Polícia Federal Sérgio Cabral STF
< Notícia Anterior

Prefeito de Guarulhos defende fechamento de aeroporto por 15 dias

27.05.2021 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Urgente: Bolsonaro aciona STF para tentar impedir medidas restritivas na pandemia

27.05.2021 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

25.02.2024 21:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça as mansões de famosos como Bruno Gagliasso e Simone Mendes disponíveis para aluguel

Conheça as mansões de famosos como Bruno Gagliasso e Simone Mendes disponíveis para aluguel

25.02.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tarcísio: “São Paulo ama vestir verde e amarelo”

Tarcísio: “São Paulo ama vestir verde e amarelo”

25.02.2024 20:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deltan, Zema, Tarcísio, Malafaia; quem participou do ato de Bolsonaro

Deltan, Zema, Tarcísio, Malafaia; quem participou do ato de Bolsonaro

25.02.2024 19:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.