TJ-SP abre processo contra desembargador campeão de processos atrasados TJ-SP abre processo contra desembargador campeão de processos atrasados
O Antagonista

TJ-SP abre processo contra desembargador campeão de processos atrasados

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 18.08.2020 08:00 comentários
Brasil

TJ-SP abre processo contra desembargador campeão de processos atrasados

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJ de São Paulo decidiu abrir processo administrativo contra o desembargador Erickson Gavazza Marques. Ele é o magistrado com o maior número de processos pendentes de julgamento, com 3,7 mil casos em “acervo” registrados em maio. O tribunal vai apurar se ele deve ser punido por falta de trabalho...

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 18.08.2020 08:00 comentários 0
TJ-SP abre processo contra desembargador campeão de processos atrasados
Reprodução

Por unanimidade, o Órgão Especial do TJ de São Paulo decidiu abrir processo administrativo contra o desembargador Erickson Gavazza Marques. Ele é o magistrado com o maior número de processos pendentes de julgamento, com 3,7 mil casos em “acervo” registrados em maio. O tribunal vai apurar se ele deve ser punido por falta de trabalho.

A decisão foi tomada na última quarta-feira (12/8). Todos os desembargadores do Órgão Especial seguiram a posição do presidente da corte, desembargador Geraldo Pinheiro Franco.

O presidente também rejeitou pedido da defesa de Gavazza Marques de trancar o caso.

O Órgão especial é a cúpula do TJ-SP. É composto por 25 desembargadores: os 12 mais antigos, 12 eleitos e o presidente do tribunal.

Internamente, desembargadores viram a decisão de abrir processo como “histórica”. É a primeira vez que um desembargador do TJ-SP responderá pelo tamanho do atraso.

Mas há o receio de que Gavazza Marques seja tratado apenas como um exemplo para assustar os demais. Ele é de fato o campeão de pendências há anos, mas está longe de ser o único que vê sua pilha de processos crescer.

Hoje o tribunal tem 51 desembargadores com mais de mil casos pendentes de no gabinete, conforme as estatísticas divulgadas pela Presidência da corte semana passada.

O desembargador Costa Neto, por exemplo, tinha “acervo” de 3 mil processos em maio. Fabio Tabosa, de 2,8 mil. Theodureto Camargo, outros 2,5 mil.

No início de julho, o TJ-SP aprovou a criação de câmaras extraordinárias para julgar os processos pendentes há mais de 100 dias. São 126 mil casos incluídos nessa lista, segundo o tribunal.

A ideia do TJ era que os desembargadores que aceitassem participar das câmaras ganhassem um dinheiro extra, que poderia chegar a até R$ 100 mil no final de um ano de trabalho.

Mas, depois que o CNJ abriu processo para investigar o caso, o penduricalho foi suspenso.

O processo contra Gavazza Marques foi aberto um mês depois da criação das câmaras. Alguns desembargadores reclamam da abertura de grupos de julgamento para aliviar o trabalho dos atrasados ao mesmo tempo em que abre processo contra um único desembargador.

Mundo

Crusoé: a pergunta que constrange todos os candidatos nas eleições no México

Caio Mattos, Da Cidade do México
29.05.2024 22:38 3 minutos de leitura
Visualizar

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Tags relacionadas

Câmaras Extraordinárias Erickson Gavazza Marques Órgão Especial processos pendentes TJ-SP
< Notícia Anterior

Advogados de fantasmas no gabinete de Carluxo

18.08.2020 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

79% querem que escolas continuem fechadas

18.08.2020 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

29.05.2024 21:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.