"Telegram deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça", diz Moraes "Telegram deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça", diz Moraes
O Antagonista

“Telegram deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça brasileira”, diz Moraes

avatar
Gabriela Coelho
2 minutos de leitura 18.03.2022 16:01 comentários
Brasil

“Telegram deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça brasileira”, diz Moraes

Em decisão que mandou bloquear o aplicativo de mensagens Telegram em todo o país, o ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, disse que a plataforma deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça brasileira...

avatar
Gabriela Coelho
2 minutos de leitura 18.03.2022 16:01 comentários 0
“Telegram deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça brasileira”, diz Moraes
Foto: Nelson Jr/SCO/STF

Em decisão que mandou bloquear o aplicativo de mensagens Telegram em todo o país, o ministro Alexandre de Moraes (foto), do STF, disse que a plataforma deixou de atender ao comando judicial, em total desprezo à Justiça brasileira. 

“O desrespeito à legislação brasileira e o reiterado descumprimento de inúmeras decisões judiciais é circunstância completamente incompatível com a ordem constitucional vigente, além de contrariar expressamente dispositivo legal. Estão presentes os requisitos necessários para a decretação da suspensão temporária das atividades aplicativo até que haja o efetivo e integral cumprimento das decisões judiciais”, disse Moraes.

Como mostramos, Moraes atendeu a pedido da Polícia Federal, no âmbito da investigação do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Segundo a PF, o aplicativo até hoje não cumpriu as determinações judiciais referentes ao caso, o que exige a adoção da medida extrema.

Moraes também disse que pessoas físicas e jurídicas que tentarem burlar o bloqueio do Telegram e usar o aplicativo podem ser multadas em R$ 100 mil por dia.

O ministro disse ainda que a suspensão completa e integral do funcionamento do Telegram no Brasil permanecerá até o efetivo cumprimento das decisões judiciais anteriores, inclusive com o pagamento das multas diárias fixadas.

Em outubro passado, Moraes determinou a prisão preventiva do blogueiro Allan dos Santos

Allan dos Santos é investigado no Supremo em dois inquéritos: o que apura a divulgação de fake news e ataques a integrantes da Corte e também no que identificou a atuação de uma milícia digital que trabalha contra a democracia e as instituições no país.

Após ser alvo de operações, o blogueiro deixou o Brasil e teria entrado em julho nos Estados Unidos com visto de turista.

Leia a íntegra da decisão.

Mundo

Aos 60 anos, Alejandra Rodríguez brilha no Miss Universo Argentina 2024

25.05.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Zhongnanhai: A Casa Branca chinesa

Visualizar

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Visualizar

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Visualizar

Toni Kroos se despede do Santiago Bernabéu com o Real Madrid

Visualizar

Em último jogo de Mbappe, PSG vence a copa da França

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes Allan dos Santos Moraes STF Telegram
< Notícia Anterior

Agamenon: Gentilleza gera gentilleza

18.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

MPF move ação contra censura a filme de Danilo Gentili

18.03.2022 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Gabriela Coelho

É jornalista formada pelo UniCEUB, em Brasília. Tem especialização em gestão de crise e redes sociais. Passou pelas redações do Jornal de Brasília, Globo, Revista Consultor Jurídico e CNN Brasil. Conhece o mundo do Judiciário há alguns anos, desde quando ainda era estagiária do TSE. Gosta dessa adrenalina jurídica entre pedidos e decisões. Brasiliense, cobriu as eleições nacionais de 2010, 2014 e 2018 e municipais de 2012 e 2020.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

25.05.2024 22:15 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

25.05.2024 21:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

25.05.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

25.05.2024 20:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.