Taxas de financiamento imobiliário mais baixas em 2024: especialistas explicam! Taxas de financiamento imobiliário mais baixas em 2024: especialistas explicam!
O Antagonista

Taxas de financiamento imobiliário mais baixas em 2024: especialistas explicam!

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 07.01.2024 19:30 comentários
Brasil

Taxas de financiamento imobiliário mais baixas em 2024: especialistas explicam!

O ano de 2024 surge como um momento promissor para todos aqueles que almejam conseguir um financiamento para casa própria com taxas mais acessíveis. Especialistas preveem uma queda na taxa básica de juros – a Selic – que pode beneficiar significativamente o setor imobiliário.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 07.01.2024 19:30 comentários 0
Taxas de financiamento imobiliário mais baixas em 2024: especialistas explicam!
Imagem: Reprodução

O ano de 2024 surge como um momento promissor para todos aqueles que almejam conseguir um financiamento para casa própria com taxas mais acessíveis. Especialistas preveem uma queda na taxa básica de juros – a Selic – que pode beneficiar significativamente o setor imobiliário.

A expectativa está baseada na projeção dos analistas de uma redução da taxa Selic para 9% até o fim do ano de 2024. Atualmente, a taxa encontra-se em 11,75%. Marcus Faria, advogado especializado em Direito Imobiliário Bancário, argumenta que o período de 2024 pode ser um bom ano para a compra de imóveis.

Cenário vasto

No entanto, vale a pena notar que a Selic não é o único fator a ter em consideração quando se trata da definição das taxas dos financiamentos imobiliários. Fatores relacionados ao Risco Brasil, por exemplo, também podem impactar as taxas de juros e o volume de crédito imobiliário.

Outro ponto importante a se ter em mente é que o mercado de capitais superou a poupança como fonte de recursos para crédito imobiliário. Esta modalidade, que é mais dispendiosa em termos de captação de recursos, pode atuar contra a redução das taxas de financiamento.

Fatores que podem acelerar a queda das taxas de financiamento

A acirrada competição entre as instituições financeiras pode acelerar a queda das taxas de juros. Além disso, a adoção de novas tecnologias na análise de crédito poderia diminuir o risco associado ao financiamento, permitindo a oferta de taxas mais baixas para quem for aprovado.

A responsabilidade fiscal, promovendo a atração de investimentos para o país, também é fundamental para que haja mais recursos disponíveis para financiamento.

E se a taxa cair depois de fechar o contrato?

Para quem já fez seu financiamento, mas a taxa acabou caindo depois, duas opções se apresentam. Se o financiamento foi contratado de forma pós-fixada, a taxa de juros é vinculada aos índices de inflação e será ajustada naturalmente.

Se o financiamento foi feito de forma prefixada, com taxas já definidas, o comportamento será diferente. Nestes casos, uma estratégia que pode ser adotada é a revisão contratual, permitindo uma possível redução dos juros.

Em conclusão, o ano de 2024 pode ser uma boa oportunidade para quem deseja comprar uma casa. No entanto, é importante que os compradores em potencial estejam cientes dos vários fatores que podem afetar a taxa de financiamento.

Esportes

COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

24.05.2024 20:52 3 minutos de leitura
Visualizar

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

Visualizar

Lula é hipócrita até em condolência

Visualizar

Interior paulista tem tempestade de poeira

Visualizar

Lady Gaga revela que se apresentou com Covid em turnê de 2022

Visualizar

Cruzeiro anuncia retorno de Adilson Batista como treinador

Visualizar

Tags relacionadas

financiamento imobiliário Selic
< Notícia Anterior

Milei ataca opositores que buscam frear decreto: “Idiotas úteis”

07.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Perícia vai apontar culpado das mortes de jovens em BMW

07.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

24.05.2024 20:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Interior paulista tem tempestade de poeira

Interior paulista tem tempestade de poeira

24.05.2024 20:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
J. Teixeira na Crusoé: As falsidades da conversa sobre fake news

J. Teixeira na Crusoé: As falsidades da conversa sobre fake news

24.05.2024 20:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Frente fria avança no Brasil e promete forte queda nas temperaturas

Frente fria avança no Brasil e promete forte queda nas temperaturas

24.05.2024 20:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.